Quarteira

JSD Quarteira preocupada com a ausência de cuidados com as passadeiras para peões

A Juventude Social-Democrata de Quarteira vem mais uma vez alertar e fazer um pedido de atenção relativamente a um assunto que tem vindo a transtornar a vida dos muitos quarteirenses nos últimos tempos.

O assunto em questão são as diversas “Passadeiras para Peões” da cidade, em destaque as passadeiras da Avenida Francisco Sá Carneiro, Avenida Dr. Carlos Mota Pinto e Avenida de Ceuta onde se verificaram no final do semestre de 2016, diversos acidentes, entre os quais, atropelamentos de peões. A JSD alertou devidamente a Junta de Freguesia e em seguida a Câmara Municipal de Loulé, da qual não obtivemos qualquer esclarecimento.

Uma vez que na Avenida Infante de Sagres existe uma passadeira para peões com a devida sinalética informativa e bem iluminada (em frente à Praça do Mar), a JSD Quarteira questiona para quando é que as remodelações irão abranger as restantes avenidas de Ceuta, Infante de Sagres, Mota Pinto e Francisco Sá Carneiro da cidade de Quarteira, pois “acreditamos que com a conclusão destas medidas de renovação dos pavimentos e passadeiras irá haver uma redução dos acidentes rodoviários nestas faixas de segurança para o atravessamento de peões” refere a estrutura.

A preocupação dos jovens sociais-democratas passa “principalmente pela prevenção, que parece mais uma vez inexistente, pois existem algumas passadeiras na cidade que estão assinaladas com a devida sinalética vertical, contudo não estão devidamente assinaladas na via pública, como é o caso da passadeira em frente à E.B1 São Pedro do Mar” (ver imagens em anexo), refere em comunicado a estrutura.

Desta forma, a JSD Quarteira demonstra mais uma vez interesse na resolução dos problemas diários da sua cidade. Preocupamo-nos com os quarteirenses, com os seus jovens e com aqueles que nos visitam.

A JSD de Quarteira

Categorias:Quarteira