Algarve

BE recomenda abertura do corredor rodoviário junto à Ponte Internacional do Baixo Guadiana

O Bloco de Esquerda deu entrada na Assembleia da República de um Projeto de Resolução que recomenda ao Governo interceder junto das autoridades espanholas no sentido desta reparar e reabrir com urgência a estrada de acesso à Ponte Internacional do Baixo Guadiana, no concelho de Mértola.

Em dezembro do ano passado, ocorreu uma derrocada na estrada HU – 6400, do lado espanhol, no troço de acesso à Ponte Internacional do Baixo Guadiana, situada junto à aldeia do Pomarão no concelho de Mértola. Esta é uma via privilegiada entre o baixo alentejo e a localidade de El Granado, na província de Huelva.

O aluimento de terras obstruíu por completo a via, obrigando ao seu encerramento e desde então tem causado grandes transtornos e dificuldades às populações que vivem na zona transfronteiriça, e preocupando os autarcas do concelho alentejano, visto ser através da ponte do Pomarão, como é conhecida, ser garantida a vinda de turistas e comensais espanhóis, assim como a ida de portugueses para abastecerem-se de produtos de primeira necessidade.

O Pomarão e El Granado encontra-se separados por 12 quilómetros mas com o encerramento da infraestrutura as duas localidades passaram a ficar separadas por mais de 100 quilómetros.

A passagem está proibida devido ao perigo de novas derrocadas e, de acordo com informações veiculadas pelo Município de Mértola, é necessário proceder a diversos estudos, sobre de natureza geológica, para avaliar as condições do terreno, situação que se prevê vir a ser duradoura.

Neste quadro, e considerando que a reabertura completa da via apenas poderá vir a acontecer durante o próximo verão, o que acarreta entretanto graves prejuízos para ambas as comunidades, quer de mobilidade como do do ponto de vista da atividade económica, os deputados do Bloco de Esquerda recomendam também que seja aberto um corredor rodoviário simples de atravessamento limitado a veículos ligeiros.

A Ponte Internacional do Baixo Guadiana foi inaugurada no dia 26 de fevereiro de 2009 com um investimento de 2,3 milhões de euros, com a autarquia de Mértola e a Diputación de Huelva a inestirem 572 mil euros e os restantes 1,7 milhões de euros a serem financiados pelo FEDES, através do projeto HUBAAL – Interreg IIIA.

Ler aqui, e na integra, a iniciativa legislativa apresentada.

Bloco de Esquerda Algarve

Categorias:Algarve