Loulé

O Sul de José Afonso com os Barco do Diabo esgota Cine-Teatro Louletano

Ontem à noite (sexta-feira, dia 10 de março), João Afonso e Luís Galrito, acompanhados do coletivo “Barco do Diabo”, apresentaram o espetáculo “O Sul de José Afonso” no Cine-Teatro Louletano.

Este espetáculo junta, pela primeira vez em palco, duas vozes maiores num encontro cúmplice em torno da vida e obra de José Afonso: João Afonso (sobrinho do cantautor) e Luís Galrito. No ano em que se assinalam 30 anos sobre o seu falecimento, e atendendo à sua forte ligação ao Algarve, este concerto (re)constrói uma geografia afetiva, simbólica e musical do percurso de José Afonso na região, dando a conhecer aspetos menos conhecidos e curiosos dessa ligação que muito influenciou a sua vida e obra.

Ao palco do Cine-Teatro subiu uma proposta interdisciplinar (música, vídeo, poesia) que reinventa a obra do inspirador andarilho que marcou a várias gerações de músicos e públicos.

O espetáculo evoca o seu ofício de professor, em Lagos e em Faro, nos anos 60, os seus locais de convívio e inspiração musical, as memórias dos concertos clandestinos que realizou na região, as histórias que se contavam a seu respeito, as músicas e letras que produziu sobre ou inspiradas no Algarve, o período em que privou com figuras como Luíza Neto Jorge, António Barahona, António Ramos Rosa e Pité, e a sua ligação ao mar, à Ria Formosa (onde pescava e fazia longos passeios com esse círculo de amigos no mítico Barco do Diabo) e a Olhão, onde conheceria a sua segunda mulher, Zélia, natural da Fuzeta.

Perante um Cine-Teatro completamente lotado, os Barco do Diabo, ovacionados pelo público, regressaram ao palco para um encore, terminando em apoteose cantando em coro com a assistência “Grândola Vila Morena” acompanhados ao acordeão por Paulo Machado.

Entre a assistência, destacamos a presença do presidente da Câmara Municipal de Loulé, confesso admirador da obra e da vida de José Afonso.

Paulo Pires é o grande mentor do projeto Barco do Diabo, cujos intérpretes são: João Afonso (voz solo e guitarra), Luís Galrito (voz solo e guitarra), Rogério Pires (guitarra e coros), Paulo Machado (acordeão), João Espada (VJ) e Sónia Pereira (declamação).

“O Sul de José Afonso” é um concerto intimista e envolvente, com forte carga visual, que aposta na tríade música-palavra-imagem que irá percorrer outras localidades do Algarve e do Alentejo, estando já previsto um espetáculo em Quarteira, cujos pormenores aqui daremos em breve.

Veja a reportagem da estreia do grupo em Lagos AQUI.

Por: Jorge Matos Dias / PlanetAlgarve

Categorias:Loulé