AGENDA

Loulé debate “O Desafio do Clima” | 7 de abril

No próximo dia 7 de abril, na Escola Secundária de Loulé, terá lugar o Encontro Nacional “O Desafio do Clima”, realizado com o objetivo de debater e promover a reflexão em torno da Adaptação às Alterações Climáticas na escala local. Esta iniciativa, organizada no âmbito dos encontros do grupo de trabalho “Cidades Inclusivas” da Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras, é realizada em conformidade com a visão estratégica da EMAAC de Loulé (Estratégia Municipal de Adaptação às Alterações Climáticas de Loulé), procurando mobilizar todos os agentes para a mudança e difundir o processo estratégico desenvolvido.

O programa arranca pelas 9h30, com uma apresentação inicial moderada por Vítor Pereira, coordenador da Revista Smart Cities, e abertura da sessão pelo presidente da Câmara Municipal de Loulé, Vítor Aleixo, vereadora Ana Machado e um representante do Município de Almada.

Pelas 10h00, vai estar em cima da mesa o tema “Alterações Climáticas – Uma realidade eminente”. Luísa Schmidt, docente do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, irá falar da adaptação às alterações climáticas enquanto processo de aprendizagem social. Tiago Capela Lourenço, da Faculdade de Ciências e Tecnologias da Universidade de Lisboa, abordará os impactos e adaptação às alterações climáticas. As técnicas da Câmara Municipal de Loulé, Inês Rafael e Lídia Terra, irão apresentar o desenvolvimento e implementação da EMAAC, enquanto que Catarina Freitas, do Município de Almada, traz a este Encontro o tema “O nosso clima está a mudar! Promover a resiliência local através da literacia climática”. Finalmente, Fátima Catarina, presidente da Inframoura, irá falar sobre o exemplo de Vilamoura enquanto território de adaptação local.

Segue-se um momento de participação do público.

À tarde, haverá uma saída de campo, com uma visita pedonal ao Passeio das Dunas (Vilamoura/Quarteira), com realização de um percurso de 2,5 km. Eficiência energética, ordenamento e planeamento do território, reforço e adaptação dos espaços verdes ou mobilidade sustentável são algumas das boas práticas a abordar.

Às 16h45, será feito um balanço do dia e conclusão dos trabalhos.

Para proceder à inscrição, clique aqui: https://goo.gl/forms/yXY9eEzXowksKIf83

Mais informações através do email loule.adapta@cm-loule.pt

O seminário satisfaz os requisitos necessários à certificação de Ação de Curta Duração, de acordo com o RJFCP.

Recorde-se que o Município de Loulé considera as alterações climáticas como um eixo prioritário para o desenvolvimento das suas políticas, tendo elaborado, no âmbito do projeto ClimAdapt.Local, a sua EMAAC, aprovada em Junho de 2016, e que agora se encontra em fase de implementação.

A EMAAC de Loulé pretende promover, em todo o território municipal, uma resposta coerente às múltiplas problemáticas relacionadas com a adaptação às alterações climáticas, através da implementação, a médio-longo prazo, de um conjunto integrado de 28 Opções de Adaptação.

Por sua vez, as Cidades Educadoras pressupõem um projeto comum que envolva as suas instituições educativas formais, as suas intervenções não formais e informais de modo a constituir-se uma atitude crítica e de intervenção face aos desafios sociais, económicos, políticos, culturais e ambientais diários. Neste contexto, o município de Loulé considera que a sua meta de uma Cidade Educadora, no sentido global que envolve todo o território local e regional, compreende também pressupostos de qualidade de vida e salvaguarda ambiental.

Categorias:AGENDA, Loulé