AGENDA

Educação é tema de conferência integrada nas comemorações do 40.º Aniversário da Constituição da República Portuguesa em Loulé | 22 de abril

Realiza-se a 22 de abril, pelas 17h00, na Biblioteca Municipal Sophia de Mello Breyner Andresen, em Loulé, a Conferência “A Educação, suporte de Liberdade”, numa iniciativa integrada nas comemorações do 40.º aniversário da Constituição da República Portuguesa e promovida pela Associação CÍVIS.

António Branco, Reitor da Universidade do Algarve, e Alberto Melo, antigo Conselheiro na UNESCO, diretor geral da Educação Permanente e chefe do Grupo de Missão para o Desenvolvimento da Educação e Formação de Adultos, vão ser os palestrantes de uma iniciativa moderada por Afonso Café, presidente da direção da CÍVIS, e onde será abordado o tema da Educação como um dos pilares fundamentais da Constituição.

Quarenta anos depois da sua aprovação pela Assembleia Constituinte, a 2 de abril de 1976, a Constituição da República Portuguesa mantém-se como referência fundamental do desenvolvimento e aprofundamento do Estado Democrático e fator de valoração da nossa História Contemporânea, nas suas componentes Política, Social e Económica sendo, por isso, de inscrição culturalmente desejável na nossa tomada de consciência da condição de ser cidadão e do que ela consigna dos nossos direitos e deveres.

Nunca, como no tempo presente, a sua evocação foi, em tantos momentos, objeto e árbitro do exercício do poder político, nunca, como no tempo presente, foi tão sentida a sua ausência no debate público e, consequente, da necessidade de recuperar o tempo e o saber dos valores aí inscritos, fazendo deles a motivação desafiante de fazer emergir o sentido de poderem ser construídas alterações, ou não – tendo como suporte constitucional o atual texto constitucional – literais ou interpretativas, desejáveis ou possíveis, para levar o texto constitucional a acompanhar o caminho do tempo futuro.

A CÍVIS, como associação comprometida com o aprofundamento da cidadania, não podia deixar de estar presente e interventiva nesta efeméride e, com esse propósito, porque uma iniciativa desta natureza cruza com outras instituições democráticas, procurou cooptar aquelas para as quais, a promulgação da Constituição, constitui o seu marco fundacional e campo da sua ação cívica e política. A este primeiro objetivo responderam positivamente todas as convidadas – municípios de Faro e Loulé, a Universidade do Algarve e a Associação 25 de Abril – tendo-se constituído em Comissão Organizadora da Comemoração do 40.º Aniversário da Constituição da República Portuguesa – Faro I Loulé.

Este será o último momento do Ciclo de Conferências realizadas nas cidades de Loulé e Faro, entre abril de 2016 e abril de 2017.

Categorias:AGENDA, Loulé