AGENDA

Clínicas de S. Gonçalo com rastreios gratuitos aos participantes do evento desportivo “Brisas do Atlântico” | 10 de junho

As Clínicas de S. Gonçalo de Odemira, Aljezur e São Teotónio vão apoiar o evento desportivo “Brisas do Atlântico”, através da realização de rastreios gratuitos aos participantes, que terão lugar na Unidade Móvel de Saúde do Hospital São Gonçalo de Lagos. O evento desportivo multidisciplinar “Brisas do Atlântico” decorre entre Almograve e Zambujeira do Mar, no dia 10 de Junho e conta com provas de competição e lazer nas modalidades de cicloturismo, btt, pedestrianismo, patinagem, run & bike e atletismo. Trata-se de uma iniciativa do Município de Odemira que tem por missão contribuir para um melhor desporto para todos, o que abrange inevitavelmente a área dos cuidados de saúde.

Através da parceria com o Município de Odemira as Clínicas, que pertencem à rede do Hospital São Gonçalo de Lagos, irão realizar gratuitamente os seguintes rastreios, na sua Unidade Móvel de Saúde:

  • Avaliação da Pressão Arterial
  • Avaliação da Glicémia
  • Sensibilização para uma Alimentação Saudável
  • Sensibilização para a Prevenção Solar

As Clínicas de S. Gonçalo de Odemira, Aljezur e São Teotónio disponibilizam diversos serviços de saúde, como sejam: consultas de clínica geral e especialidade, exames, electrocardiograma, serviço de enfermagem, análises clínicas, ecografia e medicina dentária.

Já no Hospital S. Gonçalo de Lagos, que pertence ao grupo de saúde português 4H, são prestados serviços clínicos na área médica e cirúrgica, em internamento e ambulatório, disponibilizando também serviço de atendimento permanente 24 horas, consultas externas e meios complementares de diagnóstico e tratamento. Atualmente, oferece 30 especialidades médicas e valências e 26 camas para internamento. O Hospital está acreditado pela Joint Comission International (JCI) e tem convenções com a maioria das seguradoras e subsistemas de saúde incluindo o SIGIC. Dadas as características turísticas da região, e o perfil dos utentes que recorrem ao Hospital S. Gonçalo de Lagos, os médicos e enfermeiros são fluentes em idiomas estrangeiros.