Algarve

Com o seu apoio, dois jovens algarvios com deficiência visual receberão um cão-guia em novembro

Quando somos jovens, as duas das coisas que mais valorizamos são: Sentirmos que pertencemos ao nosso grupo de amigos; Sermos independentes dos nossos pais.

Um jovem portador de deficiência visual pode sentir-se diferente e isolado. Sem a independência, que advém da mobilidade, são obrigados a depender de um cuidador para as atividades rotineiras do deu dia a dia, como encontrar-se com amigos ou ir para a escola, entre muitas outras tarefas que um jovem com visão faz sem necessitar de ajuda. Os cães-guia da Pawsitive Dogs Algarve vão mudar esta realidade… com a sua ajuda.

Karin Holmström Forster é uma especialista em comportamento canino, que tem trabalhado para o bem estar de pessoas durante toda a sua vida. Através do seu amor pelos cães e com o objetivo de poder fazer a diferença, Karin tornou-se Treinadora de Cães de Assistência, e esteve envolvida na constituição da Alertalegria – Associação Internacional de Cães de Assistência.

No verão deste ano, Karin irá possibilitar que dois cães recebam treino para cães-guia, com Alan Brooks, um dos mais experientes treinadores do Reino Unido.

Quando os dois animais completem o treino para cães-guia, Karin e a Pawsitive Dogs Algarve irá atribui-los a dois jovens deficientes visuais em Portugal. Atualmente os cães-guia custam cerca de quarenta mil euros. No passado, o estado português financiava em 67% do custo de cães-guia. Contudo, atualmente não existe qualquer apoio!

Famílias em que um membro é portador de deficiência têm muito pouco apoio do governo português. Os custos de tratamento são elevados, sendo que obter tratamentos especializados implica frequentemente deslocações dentro do país ou mesmo para o estrangeiro. Esta situação coloca as famílias, já financeiramente sobrecarregadas, numa situação muito sensível, colocando a compra de um cão-guia completamente fora de questão.

Esta iniciativa solidária, que pretende treinar dois cães-guia neste verão, é muito recente, teve início no passado mês de maio e será concluída em novembro deste ano, altura em que terá terminado o treino dos animais.

Este projeto passará pelas seguintes fases:

Angariação de fundos para suportar os custos de deslocação de Karin e dos animais durante os três meses de treino;

Estabelecimento das duplas deficiente visual/cão-guia;

Treino de dois meses para consolidação da adaptação entre o deficiente visual e o cão-guia, incluindo o apoio contínuo, essencial ao sucesso do projeto.

Com a sua contribuição mudará as vidas de 2 dos cerca de 1.000 deficientes visuais de Portugal!

Se realmente pretende fazer a diferença na vida de outra pessoa, não perca esta oportunidade!

COMO PODE AJUDAR:

Oferecer o seu donativo através desta ação de crowdfunding;

Partilhar evento de Facebook com todos os seus contactos;

Contactar-nos através de: karin.pawsitivedogs@gmail.com e 91 707 60 40;

Visitar o nosso sítio de Internet;

Juntar-se ao nosso evento solidário em julho;

Partilhar do momento em que entregaremos os animais em novembro.

Cada um individualmente, ou através da sua empresa/instituição pode ter um enorme impacto na vida de duas crianças cegas, apoiando esta iniciativa solidária. Ajude-nos a angariar os € 40.000,00 necessários para tornar este projecto realidade.

Sobre Karin Holmström Forster

Karin Holmström Forster é especialista em comportamento canino e trabalha com cães e com os “seus humanos” há cerca de duas décadas, em Portugal.

Nascida na Suécia, Karin tem construído um percurso que tem como principal foco a reabilitação. Karin já foi enfermeira, terapeuta, tem formação em cinesiologia e ainda hoje é instrutora de Pilates.

Quando passou a dedicar-se à comunidade canina, Karin procurou aumentar o seu conhecimento e frequentou cursos e seminários intensivos com profissionais de renome nesta área: Karen Pryor nos EUA, Fernando Silva em Portugal, Audrey Finns e Gary Landsberg nos EUA, Cilla Danielsson na Suécia, Victoria Stillwell no Reino Unido, Grisha Stewart  e Ian Dunbar nos EUA. Todos eles conceituados especialistas em comportamento canino, reconhecidos na sua área de especialidade. Karin está presentemente a concluir um curso em Etologia (comportamento animal) e Comportamento e Cognição Canina na Universidade de Linkoping, na Suécia.

Atualmente Karin forma novos instrutores, tanto na Suécia como no Algarve. Na sua empresa sedeada no Algarve, a Pawsitive Dogs, treina cães e os seus humanos e dá apoio a questões comportamentais destes animais.

Sendo uma especialista na sua área, Karin procura promover o bem estar dos cães e é frequentemente convidada para ser oradora em eventos sobre esta temática. Recentemente foi uma das convidadas do seminário sobre crueldade animal, promovido pela Safer Communities Portugal. A realização deste evento levou à constituição de um grupo que congrega abrigos e pessoais individuais, na procura de mais informação e assistência para questões relacionadas com o bem estar animal.

Como representante da Assistance Dogs International / Associação Internacional de Cães de Assistência, Karin é uma das duas formandas selecionadas anualmente para trabalhar com Alan Brooks, um reconhecido especialista britânico, com mais de trinta anos de experiência no treino de cães-guia.

Categorias:Algarve, AGENDA, Saúde