Quarteira

Academia do Saber de Quarteira encerra ano letivo em festa

Chegou ao fim mais um ano letivo da Academia do Saber de Quarteira. O Auditório do Centro Autárquico de Quarteira acolheu ontem (2 de julho) à tarde a festa de encerramento com entrega de diplomas aos alunos e diplomas e lembranças aos professores.

Seguidamente, teve lugar uma maratona de manifestações talentosas a desfilarem pelo palco com os alunos a apresentarem os mais diversos trabalhos, tais como dança, música, poesia, vivências e teatro.

A festa terminou em apoteose com a atuação da Tuna da Academia.

De referir ainda que foram distribuídos pelos presentes os livros “Algarve no Prato – Livro de Receitas” e “Sabores Algarvios – Produtos Regionais”, elaborados na Academia do Saber e editados pela Junta de Freguesia de Quarteira e pela AS-CQ.

O presidente da Junta de Freguesia de Quarteira e padrinho da Tuna, Telmo Pinto, referiu: “Fico muito feliz por ver esta casa cheia com o nosso projeto, o projeto que mais ambicionámos desde o início do nosso mandato. Quero agradecer ao José Paulo Gonçalves e à AS-CQ porque este foi o projeto que mais ambicionámos e estamos gratos pela ação prática que temos tido nos projetos. Às vezes é difícil passar do papel à prática mas nunca sabemos o resultado das nossas ações se não fizermos nada. Foi assim que pensámos desde o início deste projeto e tivemos a sorte de ter tido a vossa colaboração e as pessoas certas desse lado para criarem toda esta dinâmica. Para nós, foi com certeza muito importante e vocês são o principal cerne deste projeto e para nós isso é muito gratificante porque a Academia do Saber é o principal projeto que temos na junta de freguesia neste mandato”.

Telmo Pinto enalteceu ainda o papel de 3 pessoas neste projeto: “O nosso presidente da assembleia de freguesia, Carlos Carmo, o presidente da Assembleia Municipal, Prof. Adriano Pimpão e o presidente da câmara, Dr. Vítor Aleixo. Somos um executivo de caprichos mas caprichos para valorizarem a nossa terra. Os nossos caprichos são os nossos projetos. Por isso, quando pensamos neles e nos dedicamos a eles, queremos concretizá-los e, para isso, precisamos de pessoas como eles, com a posição que têm, para nos darem a luz e nos apoiarem em tudo aquilo que acontece. As juntas de freguesia são limitadas em orçamento e em poder de decisão mas nós temos tido um executivo camarário connosco, tanto o presidente da câmara como o presidente da assembleia municipal e o presidente da assembleia de freguesia que nos têm apoiado em tudo. Depois, falar de vocês. Nós hoje temos aqui mais uma exposição. Temos a Academia a funcionar há 1 ano e meio e neste momento são já mais de 200 alunos e mais de 20 professores a colaborar de forma graciosa a partilharem o seu conhecimento. Isso é gratificante para uma sociedade. Esta coesão e esta atividade que demonstramos é mesmo muito importante para uma sociedade e sem vocês isso é impossível acontecer- Nós temos aqui estas exposições que mostram os trabalhos práticos das aulas mais práticas mas não nos podemos esquecer que temos outra área do conhecimento que é mais teórica e é difícil apresentar aqui mas é o conjunto de todas elas que valorizam o trabalho que tem sido feito nesta Academia. Vêm aí eleições, não sabemos o que irá acontecer mas é importante dizer que estão aqui as bases para este projeto crescer mais, para melhorarmos aquilo que está menos bem e temos consciência daquilo que teremos de alterar e, no conjunto fazermos muito mais. Muito obrigado por me terem possibilitado fazer parte deste projeto. Para nós, executivo, foi mesmo muito gratificante. Para além desta coesão social que transmitimos aqui, também existe um trabalho que também faz parte da Academia, que é a integração dos cidadãos estrangeiros. Isso é muito importante. Pela atividade anterior que tive, conheço razoavelmente bem o país e posso afirmar que Quarteira é a melhor praia urbana do país. Nós estacionamos o carro e estamos na praia sem subirmos ou descermos degraus. Temos grandes avenidas que permitem acessibilidade e mobilidade para todos. No fundo, Quarteira disponibiliza tudo aquilo que precisamos para termos alguma qualidade de vida. Portanto, a Freguesia de Quarteira, pela sua localização geográfica e pela qualidade que já apresenta, fez surgir este fenómeno dos nossos cidadãos estrangeiros que se radicaram cá, vocês têm sentido isso na Academia. Já fazem parte da nossa sociedade. Foi muito difícil acontecer isso durante muitos anos mas agora é uma realidade e fazem parte do nosso quotidiano e das nossas atividades”.

Telmo Pinto partilhou ainda “uma promessa que foi feita, um contributo do Dr. Vítor Aleixo, a cedência de um edifício na Praça do Mar onde irá funcionar a Academia do Saber. Terá muitas salas e no primeiro andar serão ainda instalados alguns serviços da junta”.

A terminar, o presidente da junta enalteceu ainda o papel das suas colaboradoras, Ana Júdice e Tânia Gordinho, que muito têm contribuído para o sucesso da Academia do Saber de Quarteira.

A vereadora da Câmara Municipal de Loulé, Ana Machado e o presidente da AS-CQ (Associação Sócio-Cultural de Quarteira), José Paulo Gonçalves, enalteceram igualmente o trabalho desenvolvido na Academia por alunos e professores.

Lembramos que a Academia do Saber de Quarteira nasceu de uma parceria entre a Junta de Freguesia de Quarteira e a AS-CQ – Associação Sócio-Cultural de Quarteira.

A Academia do Saber de Quarteira tem ao dispor da população os mais variados módulos do saber.

Uma Academia de troca de conhecimentos, valores e experiências para todas as idades (maioritariamente adultos) em Quarteira.

Para inscrições e demais informações, os interessados, tanto em aprender como a ensinar, devem dirigir-se à Junta de Freguesia de Quarteira.

Por: Jorge Matos Dias / PlanetAlgarve

Categorias:Quarteira

1 reply »