Lagos

Lagos promove VII Jornadas de Portas Abertas MONTE MOLIÃO

No próximo dia 17 de agosto, o Município de Lagos e a UNIARQ (Centro de Arqueologia da Universidade de Lisboa) promovem as VII Jornadas de Portas Abertas na estação arqueológica do Monte Molião. Esta será a oportunidade para conhecer, de perto, este ex-libris da cidade recheado de história.

O Monte Molião é uma pequena colina ovalada, localizada na margem esquerda da foz da ribeira de Bensafrim (Rio de Lagos).

A investigação que, desde 2007, a UNIARQ tem vindo a efetuar sobre o sítio, com o apoio financeiro da Câmara Municipal de Lagos, permitiu recolher importantes dados e aproxima-nos deste habitat ocupado desde o século IV a.C. até ao século II d.C e cujos vestígios confirmam a integração do Monte Molião nas grandes rotas comerciais da antiguidade e a interação dos seus habitantes com outras comunidades humanas mediterrâneas.

No próximo dia 17 de agosto, da parte da manhã, decorrem as Jornadas de Portas Abertas no Monte Molião, que a Câmara tem promovido desde 2010. Para o final da tarde, e também no local, está prevista uma mesa-redonda para debater “Que fazer com este sítio? (um futuro para o Monte Molião)”, que tem como objetivo suscitar a discussão acerca do retorno social da investigação neste local e da sua conservação e valorização para a atratividade de Lagos como turístico e cidade inteligente.

As iniciativas são de carácter gratuito e não são necessárias inscrições.

PROGRAMA:

9h00 – 12h00 | Monte Molião de Portas Abertas

18h00 | Mesa-Redonda “Que fazer com este sítio? (um futuro para o Monte Molião)”

                Com a participação de:

Maria Joaquina Matos | Presidente da Câmara Municipal de Lagos

Ana Margarida arruda | Diretora Científica do Projeto Monte Molião na Antiguidade

(FLUL / Centro de Arqueologia – UNIARQ)

Paula Campos | Conservadora-restauradora (Universidade de Sevilha)

Rui Parreira | Arqueólogo e Museólogo (Direção Regional de Cultura do Algarve)

Categorias:Lagos