AGENDA

Protesto contra a exploração de petróleo em Faro | 26 de agosto

Na sequência da autorização da prospecção de petróleo ao largo de Aljezur, em Janeiro de 2017, na costa litoral do Algarve e do Alentejo, pelo governo da Geringonça (PS suportado por BE, PCP e Verdes) e liderado pelo senhor Primeiro-Ministro, Dr. António Costa, o Movimento Algarve Livre de Petróleo (MALP) vai aproveitar a presença do Senhor Primeiro-Ministro, em Faro, no dia 26 de Agosto, Sábado, pelas 18h30mn, para levar a cabo mais um protesto contra a exploração de petróleo no Algarve.

Agora que o consórcio GALP/ENI confirmou a sua intenção de esburacar a costa litoral do Algarve, daqui a uns poucos meses, em 2018, pondo em risco a sustentabilidade ecológica da Costa Vicentina, é tempo da população do Algarve elevar o grito de revolta e dizer bem alto ao Governo da Geringonça e seus apoiantes que basta de manigâncias, de faz de conta, e de enganos de ocasião, que apenas servem para iludir as populações e não travaram ainda o furo de Aljezur.

É hoje muito claro que boa parte da população do Algarve não quer a exploração de petróleo no seu território. Não quer o furo de Aljezur. O Movimento Algarve Livre de Petróleo apela mais uma vez a todos os que têm lutado afincadamente contra a intenção de destruição do território do Algarve pela indústria petrolífera, que se juntem neste dia, junto do Dr. Costa, para que este escute as populações que aqui habitam de uma vez por todas.

O MALP pretende oferecer neste dia o livro de prestígio do Munício de Aljezur, ao Senhor Primeiro-Ministro, livro este que foi oferecido a este grupo pelo Presidente da Câmara de Aljezur, Dr. José Amarelinho, no último protesto realizado já este verão nesta mesma localidade. Esta oferta simbólica pretende alertar para o potencial de destruição do património natural da Costa Vicentina, pela indústria petrolífera, a que o Dr. António Costa e o Governo da Geringonça ficarão historicamente associados. O MALP apela à participação de todos, dia 26 de Agosto, às 18h30mn, no Largo da Pontinha, em Faro.

Movimento Algarve Livre de Petróleo

Categorias:AGENDA, Faro