AGENDA

Fernando Correia apresenta livro em Paderne | 14 de outubro

No próximo sábado, 14 de outubro, Fernando Correia vem a Albufeira apresentar o seu mais recente livro intitulado “E Se Eu fosse Deus?”. A apresentação do romance que conta a história de um sem-abrigo que habita as ruas de Lisboa irá ter lugar em Paderne, a aldeia rural apadrinhada pelo autor, no Salão D. Paio Peres Correia, pelas 16h30.

Fernando Correia, o padrinho da aldeia rural de Paderne no âmbito do concurso 7 Maravilhas Aldeias de Portugal, regressa à freguesia, desta vez para apresentar a seu última obra “E Se Eu fosse Deus?”. No próximo sábado, o autor estará presente no Salão D. Paio Peres Correia, da Caixa de Crédito Agrícola de Paderne, pelas 16h30.

“E Se Eu fosse Deus?” é um romance baseado em factos e testemunhos verídicos, que descreve o quotidiano de Henrique, um sem-abrigo que tem como casa a Natureza. “Henrique é um sem-abrigo de corpo, mas a sua alma guarda a única realidade que aceita e lhe chega através de uma entidade superior”, explica Fernando Correia.

O autor percorre as ruas de Lisboa com Henrique, que lhe mostra as histórias de outros sem-abrigo e um submundo perturbante. “A prostituição, a droga, a dor, a loucura, a violência, mesmo o suicídio fazem parte deste submundo, que a maioria de nós tende a ignorar. E se Deus estivesse, como um sopro, em cada um destes rostos de sofrimento? E se a beleza se esconder onde menos esperamos?”. Estas são algumas das questões abordadas ao longo das 224 páginas do livro, publicado sob a chancela da Guerra e Paz Editores.

Fernando Correia é jornalista, comentador de rádio e televisão, professor e escritor. Nascido em 1935, especializou-se em Ciências da Comunicação e Línguas, tendo entrado para a Emissora Nacional (atual RDP) em 1958, onde atingiu a categoria de locutor de 1ª classe. O seu percurso profissional na rádio fê-lo passar também pelo Rádio Clube Português, Rádio Comercial, TSF Rádio Jornal, Rádio Clube Português (novo), NFM, CNR, Rádio Amália (onde se encontra atualmente com o seu programa Bancada Central). Na televisão, foi colaborador da RTP como apresentador de concursos e de programas de variedades e encontra-se atualmente na TVI como comentador de desporto. É relator e comentador desportivo desde 1964. Nos livros, é autor de vários títulos ligados ao desporto, ensaio, biografias e contos onde se destacam títulos como: Moniz Pereira – Valeu a Pena; Matateu – A Oitava Maravilha; Joaquim Agostinho – Memória de Um Campeão; Paulinho: Esforço, Dedicação e Devoção ao Sporting; Natália Correia de Alma Aberta; Simply the Best (homenagem a George Best); Era uma Vez o Sol; Espelho de Água; e Diário de Sombras.

Categorias:AGENDA, Albufeira