AGENDA

Centro Cultural de Lagos comemora 25 anos

O Centro Cultural de Lagos assinala este ano 25 anos desde a sua abertura ao público. Inaugurado em 24 de outubro de 1992, veio colmatar uma lacuna existente no concelho e na região do Algarve. Hoje este equipamento de referência faz parte da cultura lacobrigense e da rota de grande parte dos visitantes de Lagos. Para comemorar esta efeméride, foi preparado um programa de atividades que não vai querer perder!

Lagos e o Centro Cultural têm vindo a afirmar-se ao longo dos últimos 25 anos como polos dinâmicos de criação e circulação artística regional e nacional, projetando e apoiando novos olhares e leituras sobre a vida e a realidade, numa ótica de proporcionar diferentes experiências e emoções através de formas artísticas plurais e acessíveis a todos, do teatro à dança, da música à sétima arte, entre conferências especializadas ou outras atividades ligadas à pintura, escultura e cerâmica, desempenhando uma continuada função educativa no exercício de estratégias apelativas e mobilizadoras de diversos tipos de públicos. Para isso muito têm contribuído as sinergias estabelecidas a nível local com as associações recreativas e culturais e instituições várias, bem como parcerias dinamizadas com diversas entidades de referência a nível nacional e internacional, tais como a Companhia Nacional de Bailado, o Teatro Nacional de São Carlos, a Companhia de Dança de Almada, a Companhia de Teatro “A Barraca” ou o “Chapitô, para além de outras a nível regional como a ACTA, a Orquestra Clássica do Sul, só para salientar algumas.

A integração recente do Centro Cultural em projetos como o Algarve 365 e na própria Rede de Teatros Azul tem permitido criar oportunidades sinergéticas e economias de escala ao nível da programação para que esta aposta na área da cultura constitua uma alternativa e um complemento importante aos produtos turísticos tradicionais, condições essenciais para a valorização da identidade histórica do município de Lagos, enquanto cidade dos descobrimentos, mas também de novas descobertas, contribuindo para a projeção da sua imagem a nível regional e nacional.

Recorde-se que, nos últimos três anos este equipamento sofreu várias obras de renovação e reabilitação (que visaram a manutenção e conservação geral do edifício, a adequação às novas exigências em matéria de segurança e evacuação, o reapetrechamento técnico do Auditório, a melhoria de condições para os agentes culturais que habitualmente se apresentam nesta sala de espetáculos), sempre com a finalidade de proporcionar maior conforto e segurança a todos os que o utilizam e visitam, num investimento global de cerca de meio milhão de euros.

Refira-se, a propósito, que as exposições nos Antigos Paços do Concelho e no Centro Cultural receberam, em 2016, cerca de 10 000 visitantes e só no Centro Cultural estiveram cerca de 17 000 espetadores.

Para assinalar os 25 anos de existência deste tão importante equipamento cultural, foi preparado, para o dia 24 de outubro, um conjunto de iniciativas que integram uma tertúlia, a inauguração de uma exposição e um concerto comemorativo.

Fique a conhecer o programa e participe nesta festa!

PROGRAMA:

Exposição “CCL, 25 anos de vida e história”
Local: CCL (hall do piso 1)

18h00 | Sunset e Tertúlia “CCL…o despertar de emoções!”

Local: Pátio do CCL

O Centro Cultural de Lagos, inaugurado em 24 de outubro de 1992, veio colmatar uma lacuna existente no concelho e na região do Algarve. Hoje este equipamento de referência faz parte da cultura lacobrigense e da rota de grande parte dos nossos visitantes, continuando a potenciar a identidade histórica do concelho e a contribuir para o desenvolvimento de novos hábitos culturais e a afirmar-se como um importante polo de itinerância a nível regional e nacional. O programa terá como convidados especiais  os responsáveis autárquicos que, ao longo de grande parte destes últimos 25 anos, participaram neste projeto, e onde terão a oportunidade de partilhar o seu testemunho e/ou memória deste período.

Moderação: Elisabete Rodrigues (Jornalista do Sul Informação)

Inauguração da Exposição “O Contineralismo Poético – Horizontes Novos, Pinturas e Poemas”, de Timo Dillner

Local: Sala de exposição 1

Patente até 30 de dezembro.

Esta exposição ilustra também, mas não só, a globalização, às descobertas de novos mundos, as viagens pelas terras desconhecidas, mas em maior parte ilustra a descoberta de novos horizontes dentro de nós. A exposição mostra o Infante Henrique como pessoa que simboliza o abrir de portas fechadas e que assim alargou perspetivas de vista para a realização da vida humana em geral. As pinturas, os poemas, as esculturas e os desenhos da exposição apanham e perseguem essa ideia”.

Para celebrar o aniversário será servido um Porto de Honra e um bolo de aniversário. Este momento terá um acompanhamento musical pela Sociedade Filarmónica Lacobrigense 1º de Maio.

21h25 | Espetáculo com Orquestra de Jazz do Algarve & Selvis Prestley – “Love Me Tender”

Local: Auditório Duval Pestana

Entrada gratuita

Dois dos mais emblemáticos concertos de Elvis, Rei do Rock, são em Vegas em 1970, no Havai em 1973 – o Primeiro Concerto no Mundo a ser transmitido via satélite. É na inspiração destes concertos, que a Orquestra de Jazz do Algarve convida Elvis, perdão, Selvis Prestley – considerado o melhor artista de tributo português ao Rei, para reviver um Artista e a sua Carreira que a todos nos toca, ainda hoje.

Categories: AGENDA, Lagos