Loulé

Cine-Teatro Louletano envolve, com sucesso, creches e famílias na aposta na arte para a primeira infância

Aprofundando a sua parceria estratégica com a prestigiada Companhia de Música Teatral no que concerne à arte para a primeira infância, na semana que decorreu entre 8 e 12 de novembro, o Cine-Teatro Louletano apostou fortemente na apresentação de várias propostas inovadoras e interdisciplinares que envolveram ativamente creches e os seus profissionais, bem como famílias e outros educadores e artistas ligados à primeira infância, a qual se consubstanciou na realização de espetáculos, ações de formação e conferências performativas.

No seguimento de um trabalho prévio de sensibilização e envolvimento das creches do Concelho – e pensando na grande lacuna que existe nesta área a nível formativo no Algarve –, a ação de formação realizada nos dias 8, 9 e 10 de novembro abrangeu um total de 60 profissionais (lotação esgotada), na maioria dos casos educadores de infância das creches da cidade de Loulé. Esta formação, intitulada “Variações sobre ZYG”, foi uma experiência imersiva que propôs, através de uma abordagem muito prática, uma reflexão sobre a importância das experiências artísticas na primeira infância (música, voz e movimento) que se desenvolvem a partir do universo da instalação ZYG. Pretendeu-se induzir os formandos a explorarem as suas próprias capacidades de comunicar com o corpo e com a voz, sensibilizando-os assim para a ideia de que nascemos musicais, com a capacidade de fazer e de apreciar o som e o movimento, e de que é essencial que, nas primeiras idades, as crianças tenham experiências ricas, profundas e diversificadas.

Além da componente da formação, o Cine-Teatro apresentou uma instalação-performance para bebés dos 0 aos 36 meses, denominada ZYG, a qual constituiu uma experiência artística num espaço imersivo onde a música e a dança se cruzaram para explorar as fronteiras entre a comunicação, o jogo informal, a descoberta dos sentidos e o instinto da arte. Esta performance abrangeu um total de 237 bebés, fruto das 15 sessões que, durante a semana, envolveram as creches da Casa para a Primeira Infância, Nova Terra e Fundação António Aleixo, bem como das 9 sessões realizadas ao fim de semana para famílias. Todas as sessões tiveram lotação esgotada.

Em complemento à formação e ao espetáculo, a Companhia de Música Teatral, através do renomado professor universitário, investigador e criativo Paulo Rodrigues, apresentou no dia 11 uma conferência-performance a que o público aderiu entusiasticamente, na qual os adultos puderam não só experienciar a instalação ZYG no palco do Cine-Teatro, como também conhecer melhor o trabalho multidisciplinar da Companhia.

Recorde-se que estas ações inserem-se num plano de intervenção mais vasto que tem como mote central a ideia de que é fundamental o trabalho criativo e artístico realizado na/com a primeira infância não só para um desenvolvimento mais harmonioso, estimulante e rico dos bebés como também, a médio-longo prazo, para a criação de futuros públicos sensíveis, atentos e despertos para as áreas da Cultura, Criatividade e das Artes. As atividades agora realizadas vêm assim no seguimento de outras já realizadas no primeiro semestre deste ano pelo Cine-Teatro, nas quais houve também um envolvimento da Escola Superior de Educação e Comunicação (ESEC) da Universidade do Algarve, que é parceira desta estratégia programática do Cine-Teatro, a qual pretende prolongar-se durante o ano de 2019 com novas propostas e protagonistas.

Para mais informações, os interessados podem contactar o Cine-Teatro Louletano pelo telefone 289 414 604 (terça a sexta-feira, das 13h00 às 18h00) ou pelo email cinereservas@cm-loule.pt. Além disso, podem consultar a sua página de Facebook – www.facebook.com/cineteatrolouletano ou o seu renovado website http://cineteatro.cm-loule.pt, ambos em permanente atualização.

Companhia Musical Teatral

Categories: Loulé