Algarve

Associação Almargem congratula-se com o projeto de preservação de zonas húmidas do Algarve

No Dia Mundial das Zonas Húmidas, a Associação Almargem congratula-se com o projeto de resolução apresentado pelos deputados algarvios do Partido Socialista na Assembleia da República, com vista à preservação do Paul de Lagos, Lagoa dos Salgados e Sapais de Pêra, Trafal e Foz do Almargem.

Há 30 anos que esta associação tem vindo a defender a importância das zonas húmidas do Algarve, não só as já formalmente protegidas (Sapal de Castro Marim e Ria Formosa) mas também todas as outras que, por diversas razões, têm vindo a ser ameaçadas, retalhadas ou abandonadas.

Relativamente às três áreas agora em causa, a Almargem disponibiliza-se completamente para ajudar naquilo que for necessário, seja fornecendo informações pertinentes ou mesmo promovendo trabalhos de investigação imprescindíveis para que estas zonas húmidas possam ser adequadamente recuperadas e salvaguardadas.

A Almargem aproveita também esta ocasião para solicitar ao Município de Lagoa que, de uma vez por todas, aceite, sem preconceitos, promover um debate aberto e transparente sobre a situação atual e as perspetivas futuras da pequena zona húmida das Alagoas Brancas, envolvendo os grupos ambientalistas, as instituições com responsabilidade no assunto (APA, ICNF, CCDR) e os próprios proprietários, na procura de uma solução consensual e ecologicamente sustentável.

Associação Almargem

 

Categorias:Algarve