AGENDA

Faro recebe feira vegan “Coração Verde” | 19 de maio

É já a 19 de maio que a Associação Recreativa e Cultural de Músicos de Faro volta a abrir as portas para mais uma edição da feira vegan.

Com uma primeira edição em 2015 para celebrar o dia internacional do veganismo, este evento é organizado por um conjunto de ativistas do Algarve, seguidores de um estilo de vida vegan, em parceria com outras entidades e movimentos de cidadania que também estarão no evento com ações de apresentação e sensibilização para a mudança de hábitos.

A alimentação vegetariana tem ganho cada vez mais adeptos e é apresentada como um dos caminhos mais importantes para proteger o meio-ambiente. Por exemplo, a 13 de novembro de 2017, mais de 15 mil cientistas de 180 países diferentes, publicaram a 2ª declaração de alerta para o agravamento do aquecimento global e do impacto mortal que isso terá na Humanidade. Essa carta, intitulada “Alerta dos cientistas do mundo para a Humanidade: segundo aviso”, refere a indústria agropecuária e suas práticas não sustentáveis como das principais fontes poluentes que mais responsabilidade têm nas alterações climáticas. Por essa razão aconselham uma mudança rápida para uma alimentação mais à base de plantas.

O veganismo é um movimento ético mais amplo e defende um estilo de vida de compaixão para com todos os animais, rejeitando assim todas as atividades que coloquem em causa o seu direito a condições de bem-estar naturais. Por exemplo, para além de defender uma alimentação à base de plantas, rejeitando assim a ideia de que o Homem necessita de carne para viver, o veganismo considera eticamente errado criar, explorar ou matar animais para serem transformados em peças de roupa ou acessórios de moda, produtos de beleza e higiene ou para serem elementos de entretenimento em arenas, circos ou qualquer parque de lazer.

Por estas razões, a feira Coração Verde, para além de expositores e atividades na área da alimentação vegetariana, isto é, que não recorrem a nenhum ingrediente como carne, peixe, leite, queijo ou ovos, estarão também presentes outras áreas como vestuário e cosmética vegan, que também não utilizam nenhum ingrediente animal, nem marcas que exploram os animais como cobaias de laboratório. Ao longo do dia haverá também um programa de palestras e workshops sobre nutrição, mães vegan, dança do mundo, ativismo e documentários. Para o final do dia haverá ainda bandas de música e dj.

A entrada é gratuita e o programa de atividades terá início a partir das 10h00.

 

Categories: AGENDA, Consumidor, Faro