Quarteira

Lions Clube Vilamoura celebra 30 anos com 6 novos membros e Jorge Madeira na presidência

O Lions Clube Vilamoura celebrou esta sexta-feira, dia 29 de junho, o seu 30.º aniversário com um jantar festivo no Club House de Vila Sol.

O jantar contou com a presença do Past-Governador do Distrito 115 Centro-Sul do Lions Portugal, Américo Marques, do presidente da Junta de Freguesia de Quarteira, Telmo Pinto, bem como representantes de clubes Lions da região algarvia e ainda de outros pontos do país.

Um jantar marcado pela tomada de posse dos novos dirigentes e emblemagem de seis novos companheiros do Lions Vilamoura: Sílvia Bonixe; Ricardo Leite; Maria Miguel; Ana Francisca de Sousa; Raquel Peters; e Ana Paula Coelho.

Houve ainda uma distinção especial para a companheira Dora de Faria, o distintivo do Centenário do Lions Internacional Nível Ouro, como parte do programa de Prémios do Aumento de Associados do Centenário, com a inscrição “Graças aos seus esforços, poderemos servir mais pessoas no próximo século de serviço”.

Dora de Faria manifestou-se “eternamente agradecida ao Lions Club de Vilamoura por me nomear para este prémio”.

António Manuel Souza Otto começou evocou “todos aqueles que participaram na fundação deste clube: Alberto Afonso; Vítor Brás; Dário Caetano; André Canto e Castro; José António da Conceição; João Luís Calçada Correia; Renato Costa; Henrique Feytor Pinto; Bernard Gabarelli; Henrique Achtung; Mário Lenz; Carlos Dias Lopes; Gastão Mendes; José Caio Cunha Mota; António Manuel Souza Otto; Rosa Maria Souza Otto; Paulo Queirós; Carlos Rodrigues; António Gomes Santos; Abel Marques dos Santos Silva; Fernando Baguinho Sousa; Yat Spearing; e Jorge do Carmo Tavares. Neste momento, dos sócios fundadores deste clube, estamos aqui presentes 3: Calçada Correia; Jorge Tavares e eu próprio. Ainda está entre nós o José Conceição que infelizmente está doente e não pode estar presente”, pedindo 1 minuto de silêncio pelos fundadores já falecidos.

João Luís Calçada Correia transmitiu uma mensagem do companheiro José António da Conceição: “Há 30 anos, era jovem e dinâmico. Podia fazer tudo e para todos, tendo tempo para terceiros, elegendo o melhor para todos. Ajudei na abertura do clube de Vilamoura e sempre ajudei nos projetos para o bem da comunidade. Os projetos que lancei nas minhas presidências foram bem sucedidos. Tomámos a iniciativa de apoio ao Centro Oncológico do Algarve. Os companheiros meus seguidores têm sido implacáveis e fortes para darem seguimento aos projetos anualmente lançados. A minha saúde está frágil. Por isso, não posso estar presente. Desejo felicidade a todos os companheiros e uma boa continuação do trabalho em prol da sociedade. Um forte abraço deste vosso companheiro”.

O presidente da Junta de Freguesia de Quarteira, Telmo Pinto, sublinhou que “tenho participado com este clube deste o início do meu mandato e estes companheiros têm feito com que me sinta parte desta família. Temos trabalhado em conjunto, que tem sido o mais importante. Para além de presidente da junta de freguesia, sou também adjunto do presidente da câmara de Loulé, que tem uma agenda ainda mais intensa que a minha e muitas vezes represento também a sua presença nestes eventos. Ele foi a pessoa que arranjou a sede para o Lions de Vilamoura, cumprindo aquilo que prometeu (palmas). Temos aqui pessoas com muita energia, muito presentes e com vontade de fazer e isso faz com que não consigamos estar parados e têm tido sempre o apoio da junta de freguesia e da câmara municipal. Para mim, considero importante que vocês me considerem da equipa, sendo companheiro ou não e podem contar sempre connosco”.

O diretor da sessão, companheiro Adelino Rocha, confirmou que, “de facto, temos tido sempre o que precisamos, tanto da junta como da câmara e o nosso amigo Telmo Pinto, só se for humanamente impossível, de resto, tenta tudo e faz tudo para conseguir aquilo que nós precisamos dele, quer seja para o Lions, quer seja para outras instituições. Eu estou ligado a outros organismos e, ainda hoje, se não fosse ele, eu não tinha uma solução amanhã. Meia hora depois, estava tudo tratado (palmas). É um amigo que nós temos e sabemos que podemos contar com ele”.

Souza Otto aproveitou para revelar que “temos aqui, nesta sala, representantes de duas instituições de extrema importância: a Ernestina de Jesus, da ACAPO (Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal – Delegação do Algarve) e a coordenadora do Algarve da Sociedade Portuguesa da Esclerose Múltipla. O objetivo do lionismo é mesmo este: eles estão lá e estão cá e colaboramos com eles”.

Américo Marques, Past-Governador Imediato do Distrito 115 Centro-Sul do Lions Portugal, deu as boas-vindas aos seis novos companheiros, lembrando que “estão a entrar na maior organização internacional de voluntários. Estamos, neste momento, prestes a atingir 1,5 milhões de membros. o objetivo para este ano é atingir os 2 milhões. Temos, pela primeira vez, uma mulher presidente internacional. É também um objetivo atingirmos 50% de mulheres. Finalmente, 30 anos de lionismo do Lions Clube Vilamoura. Em 30 anos, este clube fez muita coisa. Tem feito muito bem à sociedade. Muitas das vezes, nós, lions, substituímo-nos àquilo que o governo e as autarquias podiam fazer, muitas vezes porque não podem por falta de condições. O clube de Vilamoura tem tido uma intervenção fantástica na sociedade. É essa a nossa missão, o nosso objetivo, aquilo a que nos propomos e é isso que queremos fazer e a sociedade precisa tanto de nós”.

Em jeito de despedida da sua presidência, Soledade Madeira ofereceu um manjerico a cada um dos presentes, passando a insígnia presidencial ao novo presidente do Lions Clube de Vilamoura, Jorge Madeira, segundo o qual, “este cargo é um bocado pesado. Vou tentar, pelo menos, fazer igual mas preciso que os meus companheiros me ajudem. Há muitos objetivos a cumprir e há muitas ideias novas para conseguirmos angariar fundos. Vou ver se consigo ser bem sucedido em algumas ideias que tenho”. Completam a sua equipa Maria Lorete Sousa Otto e Ernestina de Jesus.

A festa de aniversário foi animada pelo artista invisual Ricardo Santos Martins, que participou no programa da RTP 1, The Voice Portugal, e ainda com fados pela voz da companheira Raquel Peters. O serão terminou com o corte do bolo de aniversário e baile animado pelo Ricardo.

Por: Jorge Matos Dias / PlanetAlgarve

Categories: Quarteira