Loulé

Conheça os projetos vencedores do Orçamento Participativo do Município de Loulé 2018

A sessão de apresentação dos 11 projetos vencedores do Orçamento Participativo de Loulé decorreu no passado dia 8 de agosto, na Biblioteca Municipal Sophia de Mello Breyner Andresen, em Loulé. Esta iniciativa teve no projeto da freguesia de Almancil aquele com mais votação.

Este ano, a participação neste projeto de cidadania lançado pela Autarquia em 2014 registou uma votação de 5071 votos (1290 em boletim e 3781 via SMS). Salienta-se o facto da edição do OP 2018 ter registado a maior participação ao nível da votação presencial nas quatro edições realizadas. Na edição deste ano, o voto presencial teve um peso de 80% no apuramento dos projetos vencedores, tendo o voto electrónico (SMS) um peso de apenas 20%.

Na freguesia de Salir, a criação de um espaço multiusos coberto sucede, assim, à requalificação do polidesportivo da Cortelha: laterais, piso e iluminação (2016) como o projeto que reuniu, nesta freguesia,  o maior valor de votos nesta iniciativa promovida pela Câmara Municipal de Loulé. No total, o valor apurado nesta proposta foi de 170,4

Também no interior, na freguesia de Alte, os munícipes atribuíram a vitória (227,2) à limpeza da ribeira da Fonte Grande ao Vigário, com a criação de percursos pedestres e passadiços, assim como sinalética e brochuras.

A recuperação das fontes da freguesia e do antigo chafariz do Ameixial (44,8) mereceu a aprovação dos votantes nesta freguesia e será a obra a realizar no âmbito do Orçamento Participativo 2018.

Relativamente às outras freguesias, em Querença, a recuperação/reabilitação da Casa do Povo de Querença registou um total de 23,0 e foi o projeto mais votado. Já na Tôr, os participantes na votação desta edição decidiram-se, na sua maioria (12,2), pela colocação de equipamento geriátrico na zona do lavadouro e junto à Sociedade Recreativa Torense. A 2ª fase de requalificação do pavilhão do Sport Clube Benafim (15,2) foi a proposta vencedora em Benafim

Na freguesia de S. Sebastião, o projeto que registou maior valor (79,8) foi a requalificação dos espaços de jogos das escolas EB 2,3 Engº Duarte Pacheco e EB 1 Mãe Soberana.

Na cidade de Loulé, freguesia de S. Clemente, os participantes aprovaram, com 84,8, a colocação de uma cobertura no anfiteatro António Aleixo no Parque Municipal.

Na freguesia de Almancil a proposta vencedora, com um valor de 184, diz respeito à construção de um abrigo animal/hotel social: com recolha de animais feridos e abandonados, com ajuda à população mais carenciada ao nível dos apoios veterinários. Esta obra irá apoiar o trabalho desenvolvido pela  associação ABSOL e o seu projeto “Bem Estar Animal”.

Na freguesia de Boliqueime, os votantes optaram maioritariamente (181) pela construção de um jardim público com parque de lazer infantil, zona verde e parque geriátrico na zona da Fonte de Boliqueime ou na Avenida Cavaco Silva.

Finalmente, noutro dos principais aglomerados urbanos do Concelho – Quarteira – o projeto vencedor no âmbito das três propostas foi o “Dar vida ao Passeio das Dunas” – reforço da iluminação e colocação de um equipamento tipo quiosque com esplanada, que registou o valor final de 59,4 nesta freguesia.

A Câmara Municipal de Loulé vai disponibilizar, para a realização destas 11 obras, uma verba de 1.200.000 euros, as quais irão ser realizadas até ao final de 2020.

Categories: Loulé