Quarteira

Daniel Kemish em concerto na Feira de Verão de Quarteira

 

A Feira de Verão de Quarteira ficou ontem à noite (13 de setembro) mais animada com o concerto de Daniel Kemish e sua banda.

Se os britânicos e aparentados (ou não) – ingleses, cornualhenses, escoceses, irlandeses, galeses… – deixaram um legado inestimável na música norte-americana depois da independência dos Estados Unidos – baladas de assassinatos, canções de marinheiros, hinos religiosos, cantigas de embalar, temas de trabalho e danças (reels, jigs, etc…) – que serviram para formar e enformar géneros como a folk, a country, o western ou o bluegrass, a verdade é que também estes géneros e os seus sucedâneos mais recentes como a alt-country, a neo-folk ou a mais abrangente “americana” – a pandilha original reunida à volta da bíblia “No Depression” (Gram Parsons, Steve Earle, Waylon Jennings, Wilco, Son Volt, Whiskeytown, Victoria Williams, Gillian Welsh, Waco Brothers, Palace, 16 Horsepower… e chegando, mais atrás, ao precursores Johnny Cash, Hank Williams, Woody Guthrie ou os Crosby, Stills, Nash & Young e Flying Burrito Brothers, com passagem pelas luminárias da guitarra como John Fahey e Jack Rose) têm influenciado milhares de seguidores fora das fronteiras dos Estados Unidos, de Portugal à Austrália, da Rússia ao Brasil.

Um deles, assumidíssimo, é o talentoso cantautor britânico mas radicado há muitos anos em Portugal – mais precisamente em Tavira, no Algarve – Daniel Kemish. E o primeiro parágrafo deste texto perceber-se-á (ainda) melhor se se disser que Daniel Kemish (autor das letras e músicas que canta, guitarrista, harmonicista, pontapeador de uma kick drum, funcionando como uma “one man band”) considera que “nasceu no continente errado” – referindo-se à América do Norte e aos Estados Unidos, está bem de ver – e assumindo como principais influências gente do outro lado do Atlântico como Kris Kristofferson, Waylon Jennings, Bob Dylan, Johnny Cash, Sturgill Simpson, Bob Seger, David Ramirez e Ryan Bingham. Recentemente editou o seu álbum de estreia, “Fools & Money”, gravado em apenas dois dias num dos estúdios do lendário complexo de gravação Ocean Way, em Nashville, Tennessee, a capital mundial da country, seja ela a mais alinhada ou a mais fora-da-lei…

Um segundo álbum acaba de chegar: o sucessor de “Fools & Money”, “Under the Same Sky”, foi composto em “solidão total por um mês, numa cabana rodeada de neve na Áustria. Completamente isolado do Mundo, sem eletricidade, água corrente ou telefone, e apenas com um fogão a lenha para aquecer, cozinhar e derreter neve, Daniel conseguiu concentrar-se somente na criação e direção do seu novo álbum, que irá gravar até ao final do ano”. O que, para início de história, prometeu deixar de água na boca para as gentes de Quarteira e os muitos turistas que assistiram ao concerto de ontem e que ouviram as canções do álbum de estreia mas também vibraram com as do segundo também já se façam ouvir.

O cantor britânico Daniel Kemish lançou no passado dia 25 de Maio o tão esperado ‘Under The Same Sky’, o seu segundo álbum de originais, com o selo da Far Out Records.

Depois de ter revelado os singles ‘Fool For You’ e ‘Hold on Tight’, Kemish apresentou ontem as restantes faixas de um disco que navega entre o folk, o country e o rock.

Biográfico, o quanto baste, e revelador da maturidade do artista enquanto compositor, multi-instrumentista e cantor, ‘Under The Same Sky’ foi composto de forma muito particular.

De regresso a Portugal, onde vive, e com a ajuda do baixista Jean-Christian Houde, do baterista João Colaço e do guitarrista André C. Rodrigues, Kemish gravou ‘Under The Same Sky’ nos estúdios da Valentim de Carvalho, em Lisboa.

Se a sonoridade do primeiro álbum, ‘Fools and Money’, lançado em 2016, era assumidamente country, revelando a paixão do cantor pela música americana, neste novo LP, Daniel Kemish atreve-se a enveredar por outros caminhos sonoros, que mostram a sua capacidade de se reinventar. Da primeira à última faixa ‘Under The Same Sky’ é uma viagem com várias dimensões. Depois de algumas apresentações em Portugal, Daniel Kemish partiu em digressão pela Europa, com ‘Under The Same Sky’. O concerto na Feira de Verão de Quarteira foi um dos que marcaram o seu regresso ao Algarve.

Categories: Quarteira