AGENDA

Município de Albufeira junta-se aos comerciantes para celebrar o Halloween na baixa da cidade

No próximo dia 31 de outubro, a partir das 18h00, fantasmas, bruxinhas e duendes vão andar à solta pela baixa de Albufeira a pregar sustos e a fazer muitas travessuras.

Nesta noite, o Município, os comerciantes da zona e a Associação South Cr3w preparam-se para celebrar em conjunto o Halloween, um costume que apesar de ser relativamente recente em Portugal (data dos anos 80) atrai cada vez mais adeptos, entre miúdos e graúdos.

A Rua 5 de Outubro e o Largo Eng.º Duarte Pacheco são os locais privilegiados para a concentração das várias personagens, que prometem fazer de tudo para que esta seja uma noite memorável. Não vão faltar petisquinhos assustadores e para os mais destemidos fica o convite para visitar o Túnel do Terror e o Túnel dos Condenados. Depois de tantas emoções há, ainda, muitas surpresas fantasmagóricas preparadas nos vários bares da zona. Por isso, vista-se a rigor e venha até ao centro da cidade provar guloseimas e pregar partidas divertidas à família e aos amigos.

O Grupo “Caminhadas ao Luar” associou-se ao evento com uma edição especial “Halloween”, uma caminhada assustadora com local de partida (às 20h00) e chegada no Largo Eng.º Duarte Pacheco.

Recorde-se, que apesar de ter ser sido popularizada pelos Estados Unidos, esta é uma tradição de origem celta, com mais de 2 mil anos. Durante três dias, a começar no dia 31 de outubro, o povo celta festejava o Stamhain, uma festa que celebrava o fim do verão e a passagem do ano celta, que tinha início a 1 de novembro.

Reza a lenda que nessa noite os mortos voltavam a povoar a terra e os espíritos regressavam às suas casas para pedir comida. Para os receber, os familiares deixavam comida e bebida à porta de casa e os que se atreviam a sair à rua só o faziam mascarados para passar despercebidos e se defenderem dos maus espíritos. No século VIII, a Igreja Católica substituiu o Stamhain pelo Dia de Todos os Santos a 1 de novembro, daí ter surgido o nome Halloween, que resulta da junção dos termos hallow, que significa santo, e eve, que significa véspera. No século XIX, o costume viajou da Irlanda para a América do Norte e foi aí que surgiu a tradição moderna de trick ou treat? (doçura ou travessura em português), que viria a ser exportada para vários países, entre os quais Portugal. Neste dia as crianças mascaram-se com visuais assustadores e percorrem as ruas em grupo, batendo de porta em porta a pedir guloseimas. Quando a porta abre devem dizer “doçura ou diabrura”. Se não receberem doces ou guloseimas têm permissão para fazer uma travessura.

Categories: AGENDA, Albufeira