Quarteira

Vilamoura reconhecida com a Bandeira Nível III – Cidades de Excelência

Vilamoura foi reconhecida com a Bandeira Nível III – Cidades de Excelência, pelas práticas inovadoras nos eixos da acessibilidade para todos e mobilidade pedonal e ciclável, um galardão atribuído pelo ICVM – Instituto de Cidades e Vilas com Mobilidade.

A cerimónia de atribuição da Bandeira “Cidade de Excelência – Nível lll, como reconhecimento público do trabalho que esta empresa tem vindo a desenvolver no âmbito da qualificação urbana, decorreu no dia 6 de novembro, na Praça Cupertino de Miranda, junto à Estátua do fundador do empreendimento.

A cerimónia contou com a presença de Paula Teles, fundadora e presidente do ICVM; Pedro Ribeiro da Silva, Coordenador de Projetos do ICVM; Vítor Aleixo, presidente da Câmara Municipal de Loulé; Pedro Pimpão, vice-presidente da autarquia louletana; Telmo Pinto, presidente da Junta de Freguesia de Quarteira; José Miguel e Leonel Silva, respetivamente presidente e vogal da Inframoura; David Pimentel, presidente da Loulé Concelho Global E.M.; Isolete Correia, diretora da Marina de Vilamoura, entre outros.

Este reconhecimento deve-se ao grau de evolução da implementação do Plano de Ação Local proposto pela Inframoura aquando da adesão à Rede de Cidades e Vilas de Excelência, incidindo nos eixos “Cidade ou Vila Acessível para Todos” e “Cidade ou Vila Ciclável e de Mobilidade Amigável”.

A Rede de Cidades e Vilas de Excelência reconhece com este galardão o manancial de planos, projetos, ações e iniciativas em contexto de mobilidade suave, que tiveram e terão lugar no espaço público de Vilamoura, visando assim tornar este núcleo urbano cada vez mais num espaço de referência pela acessibilidade universal e pelo foco nos modos suaves de deslocação.

Quando a Inframoura aderiu à Rede de Cidades e Vilas de Excelência, foram desenvolvidos vários planos e estudos em Vilamoura, entre os quais se destacam o Plano de Mobilidade Urbana Sustentável de Vilamoura; o Plano de Ação para a Rede Ciclável de Vilamoura; o Enquadramento da sinalização vertical direcional no contexto particular de Vilamoura e o Projeto de sinalização pedonal de Vilamoura.

No que concerne a projetos de requalificação do espaço público, a Rede de Cidades e Vilas de Excelência destaca a requalificação da alameda da Praia da Marina; a requalificação da rua do Sol; a requalificação do Clube Náutico e rua da Botelha; a requalificação do Centro Tivoli.

Com foco nos modos suaves de deslocação, foram considerados o projeto para a criação da ciclovia na Avenida Eng.º João Meireles; o corredor de mobilidade para os modos suaves na rua dos Estados Unidos da América; a monitorização da mobilidade pedonal na Avenida da Marina; a implementação de rede energicamente autónoma de distribuição de Wifi e sistema de monitorização ambiental na Avenida Eng.º João Meireles; ampliação da rede de sensores e monitorização do uso da bicicleta em vivência urbana e desenvolvimento da app mobile para uso do sistema de bicicletas partilhadas.

Já no que diz respeito à gestão de tráfego e estacionamento, a Rede destacou a implementação do sistema de gestão de tráfego; a semaforização de cruzamentos na periferia próxima ao centro; o projeto do parque de estacionamento Melvin Jones.

Projetos e iniciativas como a substituição de luminárias convencionais de baixa eficiência energética por tecnologia LED, a implementação da app do cidadão – Inframoura Share, a conceção do sistema integrado de gestão de frota da Inframoura e o projeto colaborativo com o Colégio Internacional de Vilamoura, também foram tidos em conta para esta entrega.

A Rede deu ainda importância à ação de implementação da rede de pontos de carregamento de veículos elétricos em Vilamoura.

Estas ações e estes projetos levaram à atribuição da Bandeira de Cidades de Excelência – Nível lll, fazendo de Vilamoura um caso de Excelência no âmbito da acessibilidade para todos e da mobilidade pedonal e ciclável.

Recordamos que o Núcleo Urbano de Vilamoura aderiu à Rede Cidades e Vilas de Excelência no dia 9 de julho de 2014, momento no qual foi entregue a bandeira que sinaliza a integração de Vilamoura nesta Rede, nas vertentes de Cidade ou Vila Acessível para todos e Cidade ou Vila Ciclável e de Mobilidade Amigável.

Por: Jorge Matos Dias / PlanetAlgarve

Veja também as intervenções oficiais no VÍDEO 1 e no VÍDEO 2.

Categories: Quarteira, Turismo