Lagoa

LAGOA| FATACIL com início para recordar

Ao 5º dia de FATACIL, registam-se mais 15.000 visitantes que na edição de 2019. Os expositores, a gastronomia, os artistas de língua portuguesa, os espaços renovados e muitas outras novidades não deixam o público indiferente a uma FATACIL que apesar das suas 40 edições, se apresenta a cada ano mais jovem e com maior dinâmica.

A programação da FATACIL está organizada por dias temáticos, e ontem foi o dia dedicado à Inclusão. Precisamente porque Lagoa é uma Cidade Inclusiva. A FATACIL uniu-se assim ao Município de Lagoa num dia de fomentação e promoção da Inclusão, como forma de aumentar o usufruto da cidade por todas as pessoas que a procuram para viver, estudar, trabalhar ou visitar, criando condições para o acolhimento de pessoas de todas as idades e oriundas de diferentes culturas e nacionalidades, que se pretendem manter ativas, criativas e saudáveis, num concelho que se quer sustentável e vivido.

Junto ao stand institucional do Município de Lagoa foi efetuada a assinatura do Tratado “Lagoa Inclusiva”, entre o Município de Lagoa e a APEXA – Associação de Apoio à Pessoa Excepcional do Algarve. Também no mesmo local, forampromovidas diversas atividades onde todos/as tiveram oportunidade de participar e de se deixar envolver pelo “espírito da Inclusão”.

Ontem, 21 de agosto, dia do Cavalo Lusitano, o destaque da FATACIL foi para o programa equestre com o grande espetáculo, “Paco Martos Horse Show”, com estreia absoluta em Portugal. Depois, as atenções centraram-se na atuação de Quim Barreiros, cantor popular português que toca acordeão, conhecido por suas letras de duplo sentido.

Faça parte da festa da cultura, da tradição e costumes da FATACIL. Esperamos pela sua visita.

Categories: Lagoa