Quarteira

Grandioso espetáculo com Filipa Sousa na Feira de Verão de Quarteira

A Feira de Verão de Quarteira acolheu ontem à noite (6 de setembro) uma grandiosa noite musical com a consagrada artista algarvia Filipa Sousa (Albufeira).

Uma noite com uma temperatura muito amena convidava a sair de casa e o nome proposto atraiu uma imensa moldura humana para ouvir Filipa Sousa cantar temas do seu mais recente trabalho, Acreditar, incluindo o cada vez mais apreciado “Há Lá Coisa Bem Melhor”, e ainda alguns fados de sempre.

Filipa Sousa foi acompanhada pelos músicos Ricardo Martins, Paulo Ribeiro, Bruno Vítor Martins, Tiago Sequeira e Vasco Ramalho.

Uma iniciativa da Câmara Municipal de Loulé em parceria com a Junta de Freguesia de Quarteira.

FILIPA SOUSA nasceu em Albufeira e tem tido uma carreira de sucesso, tanto no Fado como na Canção, com destaque para a sua participação no programa Operação Triunfo, da RTP1, a vitória no Festival da Canção e consequente representação de Portugal no Festival da Eurovisão em 2012, em Baku, no Azerbaijão.

Para a Filipa, o sonho da música começou muito cedo. Aos 6 anos, começou a aprender música, mas só aos 12 entrou para o Conservatório de Música de Albufeira, onde concluiu o 4º grau de piano e o 5º grau de Formação Musical e Conjunto Coral. Teve aulas de canto particulares e no Conservatório. A partir dos 12 anos, começou a participar em festivais e concursos de karaoke, tendo arrecadado alguns prémios (Festival da Canção do Sul, Festival da Canção de Lagoa, Programa televisivo “Nasci pra música”, Concurso de Karaoke “Music Halls”, Concurso de Karaoke “Rádio Cidade – Academia de Estrelas”, entre outros).

Aos 16 anos, experimentou o fado por brincadeira e nunca mais parou de o cantar, tendo vencido vários concursos de fado amador (Albufeira, Portimão, Lagoa, Lagos, Olhão, Loulé). Participou em worskshops  de diversas áreas, em peças de teatro e em programas de televisão, como figurante. Participou no Festival Ibérico da Canção Jovem de S. Romão – Seia, por 3 anos consecutivos, arrecadando dois prémios do público –  um 1º e um 3º. Em 2003, passou a fazer parte do grupo de fados Al-Mouraria, com o qual actuou em vários pontos do país,  no estrangeiro – Espanha e Marrocos -, e em programas televisivos.

Em 2003, após completar 18 anos, já havia tentado a sua sorte na 2ª edição da Operação Triunfo, tendo chegado aos 30 finalistas. Mas foi em 2007 que conseguiu entrar para este programa televisivo, no qual permaneceu sete semanas, fazendo assim uma participação bastante positiva. Em Fevereiro de 2008, foi alvo duma homenagem por parte da Câmara Municipal de Albufeira. Cantou temas ao piano e à guitarra, num Auditório Municipal que se encheu de público.

Em Abril de 2008, venceu  a I Grande Noite de Fado do Algarve, em Loulé. Em Setembro de 2009, integrada numa digressão algarvia ao Canadá, protagonizou três espetáculos na Casa do Alentejo, em Toronto, tendo recebido inúmeros elogios. Em Maio de 2010, participou nas galas “Nasci Para o Fado”, transmitidas pela RTP, e que visavam apurar elementos para integrar o musical “Fado: História de um Povo”, de Filipe La Féria. Conseguiu o apuramento para a gala final. Foi realizando espetáculos de diferentes estilos, desde o fado ao rock, acompanhada por músicos ao vivo ou com playback instrumental. No fado, foi frequentemente convidada para cantar no estrangeiro, junto de comunidades portuguesas de emigrantes no Luxemburgo, na Alemanha e na Bélgica. A 10 de Março de 2012, entrou para a história do Festival RTP da Canção, ao vencer a sua 48ª edição, com a canção “Vida Minha”, da autoria de Andrej Babic e Carlos Coelho. Em Maio de 2012 representou Portugal, em Baku, no Azerbaijão, no Festival da Eurovisão.

Por: Jorge Matos Dias / PlanetAlgarve

Veja também o VÍDEO

Categories: Quarteira