Loulé

Autarquia de Loulé aposta em sacos biodegradáveis para dejetos caninos

No âmbito da política de ambiente, ação climática e economia circular, a Câmara Municipal de Loulé tem desenvolvido ações com vista à redução do plástico descartável. Neste sentido, a autarquia louletana está a substituir os tradicionais sacos para dejetos caninos de plástico por sacos biodegradáveis.

Os novos sacos disponíveis nos vários dispensadores que se encontram espalhados em diversos pontos do concelho são fabricados num material biodegradável e compostável, ou seja, em processo de compostagem são transformados em dióxido de carbono, em água e biomassa. Estes sacos cumprem os requisitos da Norma Europeia.

Recorde-se que a “problemática do plástico” é um dos temas prementes da atualidade, o Parlamento Europeu aprovou este ano a nova lei comunitária que proibirá a venda de produtos de plástico de utilização única, a partir de 2021. Nesse sentido, é necessário tomar medidas desde já, para alcançar uma redução quantitativa de outros produtos de plástico de utilização única.

Assim, esta iniciativa, na área da salubridade e higiene pública, enfatiza o compromisso municipal no combate às alterações climáticas e diminuição dos impactes substanciais em matéria de uso eficiente de recursos. “Torne o passeio do seu cão mais higiénico e em harmonia com o ambiente!” é o apelo da Autarquia a todos os que são donos de cães e que são também responsáveis por manter a via pública limpa.

Categories: Loulé