Algarve

ALGARVE | Um dos locais com as propriedades mais caras em Portugal

Calcadão de Quarteira – Panorâmica de Nascente para Poente

O mercado imobiliário em Portugal continua em crescendo, com Lisboa e o Algarve entre os principais beneficiados do rápido crescimento dos valores imobiliários. De acordo com uma análise independente levada a cabo pela Global Property Guide, os preços dos imóveis em Portugal aumentaram 6,09% em relação ao ano anterior, em 2018, tendo o Algarve ascendido ao primeiro lugar no preço dos imóveis. A região tem uma surpreendente média de 1.584 euros por metro quadrado e isso não tem segredo: a região é alimentada por uma economia em recuperação que se apoiou, nos últimos anos, em investimentos estrangeiros e incentivos fiscais e, abençoada com uma beleza natural espetacular e acesso ao Mediterrâneo, o Algarve tornou-se líder no mercado imobiliário de Portugal nos últimos anos.

O Algarve é sinónimo de sol o ano inteiro, praias imaculadas e uma comunidade de expatriados já em expansão. Na região, existem jornais em inglês, escolas internacionais e até o clima menos poluído da Europa. Quando se combinam, estes fatores, juntamente com os incentivos fiscais implementados pelo governo português, é difícil não investir.

O sistema de vistos Gold oferece autorizações de residência a indivíduos que invistam 500.000 € no mercado imobiliário e, caso esse investimento se mantenha contínuo nos próximos 5 a 6 anos, o seu pedido de residência permanente será aceite. Este regime revelou-se particularmente popular entre investidores russos e chineses, que aproveitaram esta oportunidade, uma vez que o investimento total na economia portuguesa absorvido por este regime foi estimado em mais de 4.850.000.000 €. Na região do Algarve, este esquema levou ao aumento dos valores das propriedades locais em cerca de 6% ou mais, ano após ano.

De acordo com um relatório do mercado realizado pela Savills, e com o Algarve a liderar o grupo entre outras regiões portuguesas, no primeiro trimestre do ano passado, Portugal foi o terceiro da União Europeia com maior crescimento nos preços das habitações. Entre outras regiões, o Algarve também com maior número de habitações licenciadas em novas construções para uso  residencial, um subproduto dessa procura crescente que superou os recursos.

À medida que a procura aumenta e o Algarve permanece entre os destinos mais populares para turistas e investidores, é de esperar que o aumento nos preços das habitações se mantenha durante mais algum tempo. À medida que o mercado imobiliário português continua a aumentar constantemente após a queda de 2008, o Algarve pode continuar como uma região com elevados níveis de investimento e sucesso económico, devido muito a incentivos fiscais e ao esquema de vistos lucrativos implementados pelo governo, assim como uma abundância espetacular de beleza e património natural.

Categories: Algarve, Consumidor