Castro Marim

Castro Marim foi palco de “Diz-me António”, uma homenagem a António Aleixo

“Diz-me António” deu-se a conhecer em Castro Marim no passado sábado, dia 18 de janeiro, no auditório da Biblioteca Municipal. Um espetáculo simbiótico entre três universos da arte – a palavra, a música e a dança -, que homenageou o conhecido poeta algarvio, António Aleixo, assinalando os 120 anos do seu nascimento. 

António Aleixo, hoje conhecido e incontornável nome da poesia popular portuguesa, mas outrora tão rejeitado e desvalorizado pela crítica, deixa como legado uma obra poética singular, que se afirma pela ironia e riqueza de espontaneidade que usa num pensamento marcadamente crítico sobre a sociedade que o rodeia.  E foi dessa mesma forma, lúcida, sólida e despretensiosa que nos chegou o “Diz-me António”, dos criadores e intérpretes Armando Correia, Carolina Cantinho e Pedro Pinto, uma organização da Azul – Rede de Teatros do Algarve, cofinanciada pelo Programa 365 Algarve e apoiada pela Direção Regional de Cultura do Algarve.

Em Castro Marim o espetáculo teve a especial participação das Love To Dance Arutla, grupo de dança de Altura, resultado do workshop de Palavra e Movimento quês e realizou durante a manhã de sábado na Biblioteca Municipal, no âmbito desta mesma iniciativa.

Categories: Castro Marim