Quarteira

Quarteira mobiliza voluntárias para fazer máscaras sociais

Com o objetivo de providenciar máscaras sociais à população mais vulnerável, a Junta de Freguesia de Quarteira, com o auxílio de um grupo de voluntárias, está a costurar máscaras de proteção individual.

Os tecidos e elásticos são fornecidos pela autarquia, numa iniciativa que surge no âmbito do programa Quarteira Presente, criado para dar resposta à população, no combate à Covid-19.

Em menos de 24 horas, a autarquia reuniu mais de 25 voluntárias dispostas a ajudar. «Já estamos a produzir as primeiras máscaras com um grupo de voluntárias que faz parte da dinâmica desta junta de freguesia», afirma Telmo Pinto, Presidente da Junta de Freguesia de Quarteira.

Numa primeira fase «este material de proteção destina-se aos mais vulneráveis desta pandemia, nomeadamente idosos, doentes crónicos e outros grupos já referenciados», refere o presidente da autarquia.

De lembrar que a Direção Geral da Saúde recomendou à população, na passada segunda-feira, o uso de máscaras não cirúrgicas em espaços fechados, como supermercados e transportes. As designadas máscaras não cirúrgicas, que também de podem chamar máscaras comunitárias ou sociais, são dispositivos que não obedecem a normas, podem ser de diferentes materiais, como algodão, e são destinados à população em geral.

Categories: Quarteira, Saúde