Olhão

Olhão precisa desenvolver-se para além do turismo, defende PSD

A Comissão Política do PSD Olhão vem responder às declarações do presidente da Câmara Municipal de Olhão, António Miguel Pina, que, em entrevista ao jornal Sul Informação, atacou a tomada de posição do PSD em Assembleia Municipal, por ter votado contra a aquisição, pelo município, da antiga fábrica BelaOlhão para fins de especulação imobiliária.

Antiga fábrica BelaOlhão

Nas declarações ao referido jornal, António Miguel Pina admitiu que a Câmara Municipal de Olhão tenciona vender o espaço (que comprou por 4,5 milhões de euros) por “pelo menos o dobro” a “possíveis interessados em transformar aqueles terrenos num espaço turístico e comercial”, concretamente para construção de “um hotel de 5 estrelas, espaços de comércio e um estacionamento em cave”.

Por nos termos afirmado contra este negócio, de contornos pouco transparentes desde o início, o edil olhanense atacou a posição do PSD, acusando-a de “revelar uma incompetência tremenda”, lançando uma questão, em jeito de desafio: “Se o PSD está contra… o que deveria ter sido feito então?”.

Aceitando o repto, o PSD Olhão vem esclarecer que, em primeiro lugar, considera que uma autarquia deve ser um agente facilitador do empreendedor e não um investidor ou agente imobiliário.

Em segundo lugar, defende que Olhão precisa diversificar a base económica do concelho e não apostar tudo só no turismo, sob pena de ficar inteiramente dependente de uma área que em períodos de crise (como a que atravessamos) é a primeira a colapsar e a última a reerguer-se, bastando verificar a situação de calamidade que o Algarve atravessa devido ao desemprego, sobretudo na área do turismo.

Em alternativa ao projeto da Câmara Municipal de Olhão para aquela zona da cidade, frente à Docapesca, o PSD Olhão defende uma visão inovadora, com a aposta na criação de um parque tecnológico virado para as áreas do mar, das pescas e das energias renováveis, numa eventual parceria com a Universidade do Algarve, com o objetivo de fixar jovens no concelho, criando emprego qualificado e gerando riqueza ao longo de todo o ano e não apenas de forma sazonal.

O PSD Olhão esclarece que nada tem contra a construção de novos hotéis e espaços comerciais na cidade, nem contra a aposta no turismo, desde que não seja em regime de exclusividade, nem que justifique a venda de todo o litoral do concelho à hotelaria.

O PSD Olhão

Categories: Olhão