S. Brás de Alportel

S. Brás de Alportel | Associação desagradada e preocupada com o estado do Centro de Medicina Física e Reabilitação do Sul

Centro de Medicina Física e Reabilitação do Sul

A Associação Movimento Determinante está muito desagradada e preocupada com o estado em que o Centro de Medicina Física e Reabilitação do Sul se encontra, pois, até hoje, das reivindicações que fizemos, em nome dos nossos associados e dos cidadãos com deficiência que necessitam dos serviços do CMR Sul para manter a qualidade de vida, até a atribuição das ajudas técnicas prescritas continua a demorar bastante tempo, existe utentes a aguardar mais de um ano por uma ajuda técnica, por vezes simples e de baixo custo, mas indispensável no seu  dia a dia para uma melhor qualidade de vida.

Nos últimos três meses temos assistido a um declínio no serviço prestado pelo Centro. As consultas externas estão a ser «dadas» por telefone, a fisioterapia em regime de ambulatório encontra-se suspensa, a ocupação a nível de internamento para pessoas que realmente precisam diminuiu de cerca de 36 para apenas 24 camas e a lista de espera ronda os 4, 5 meses. Para piorar, o CHUA (Centro Hospitalar Universitário do Algarve) internou 12 utentes do Hospital de Faro no CMR Sul.

No dia 09/06/2020 enviámos um email (ver documento em anexo) para o Conselho de Administração do Centro Hospitalar Universitário do Algarve, endereçado à Dr.ª Ana Paula Pereira Gonçalves e ao Diretor Clínico do Centro de Medicina Física e Reabilitação do Sul Dr.  Luís Malaia.

Até o dia hoje, apenas obtivemos resposta do Diretor do CMR Sul, no dia 12/06, dizendo o seguinte: «Encaminharei as vossas questões para o Conselho de Administração do Centro Hospitalar Universitário do Algarve, EPE, por forma a serem prestados os devidos esclarecimentos».

A direção da Associação Movimento Determinante

Em anexo: