Albufeira

ALBUFEIRA | Dia do Município celebrado com solenidade na terra e espetáculo no céu

A Covid-19 não impediu Albufeira de celebrar o Município de Albufeira, com solenidade e alegria. Durante a manhã decorreu uma sessão Solene de homenagem aos trabalhadores da Autarquia com 15, 25 e 35 anos de serviço e de tarde foi a vez de se cruzarem vários eventos que trouxeram a indispensável animação à data, ainda que com um formato diferente do habitual. José Carlos Rolo, que se afirmou “também um funcionário público” enalteceu a alegria e a gratidão de poder ver todos os dias os trabalhadores da Câmara Municipal.

O Dia do Município de Albufeira foi celebrado a 20 de agosto, com a solenidade habitual, mas com as devidas restrições e cuidados sugeridos pela Direção Geral de Saúde. Após o hastear das bandeiras ao som do Huno Nacional logo pela amanhã, nos Paços do Concelho, seguiu-se uma Sessão Solene que, à semelhança do ano anterior, homenageou os trabalhadores da Autarquia com 15, 25 e 35 anos de serviço público. A cerimónia teve lugar no Auditório Municipal, com rigorosa segurança, e nela foram homenageados 41 trabalhadores.

O ânimo não foi o mesmo, mas a satisfação de verem reconhecidos os méritos e a dedicação, motivou fortes aplausos a cada subida ao palco para receberem a Medalha e o Diploma das mãos do Presidente da Câmara Municipal, José Carlos Rolo, do Presidente da Assembleia Municipal, Paulo Freitas, e da Vice presidente, também responsável pelos Recursos Humanos da Autarquia, Ana Pífaro.

Depois de um minuto de silêncio pelos trabalhadores municipais falecidos no último ano desde as cerimónias do Dia do Município de 2019, José Carlos Rolo iniciou o seu discurso em tomo coloquial: “poder ver-vos em todos dias e saber que estão sãos, que estamos aqui, que mantemos o propósito de servir o bem público, faz nascer em mim uma gratidão enorme”.

Afirmando-se também “um funcionário público”, o autarca frisou que mesmo durante o confinamento social nunca deixou de atender os munícipes e de “pensar no bem comum para esta terra. Vocês sabem que eu estive sempre presente nos momentos bons, nos momentos menos bons e nos momentos críticos que o poder local, em Albufeira, tem sofrido”, continuou. Por seu turno, Paulo Freitas, referiu-se a “este novo anormal” que nos “obriga a andar mascarados, sem vermos sorrisos nem expressões faciais, mas passamos a falar com o olhar” tem igualmente momentos onde “há um sentido de responsabilidade” para com aqueles que “deram e dão a vida ao trabalho”. Enaltecendo os trabalhadores públicos que muitas vezes são alvo de críticas de modo gratuito, Paulo Freitas frisou “que se respeitem os mais velhos”, pois “uma pessoa mede-se pela qualidade dos seus amigos”. Para o responsável pela Assembleia Municipal, “esta medalha significa garra, sacrifício, uma vida que se dá por vontade” e que se traduz no “bem estar de quem cá vive ou nos visita”, pois “pode haver até quem diga que nada se faz, mas a verdade é que se faz, é que há muito trabalho e está visível”.

Da parte da tarde, foi a vez de se cruzarem vários eventos que trouxeram a indispensável animação à data, ainda que com um formato diferente do habitual.

A última sessão do “Albufeira Summer Live” contou com duas atuações incluídas no “Yacht Day”, o convívio náutico que celebrou a sua sétima edição e que este ano incluiu as atuações do DJ China e do ator Nuno Lopes, ambas a bordo de uma das embarcações que marcou presença neste encontro. Pelo meio, e em plena Praia dos Pescadores, a iniciativa “Albufeira – Esta é a Praia” encheu os céus de Albufeira com a atuação das duas aeronaves que voltaram a surpreender todos os presentes. A sequência terminou com a atuação portugueses The Gift a partir da falésia da Praia do barranco das Belharucas. Todo este alinhamento foi transmitido através das redes sociais. As imagens registadas de todas estas atuações podem ser vistas e partilhadas através do canal de youtube “albufeira.pt”. Para o Presidente da Câmara Municipal de Albufeira “a autarquia procurou celebrar o Dia do Município de uma forma um pouco diferente, animando e surpreendendo quem nos visitou mas também mostrando algumas das nossas melhores paisagens a quem não nos pode visitar pelas mais diversas razões”. Para José Carlos Rolo, “temos de inovar com novos formatos de promoção e animação que se adequem aos tempos atuais, sem deixar de surpreender e fazer jus ao estatuto de Albufeira enquanto destino de referência a nível turístico”.

Categories: Albufeira