Lagos

LAGOS | Município preocupado com a adaptação às alterações climáticas

Como forma de dar mais um passo na luta contra este grande flagelo que afeta o Ambiente e Sociedade, o município lacobrigense vai juntar-se à associação adapt.local – Rede de Municípios para a Adaptação Local às Alterações Climáticas. Esta decisão partiu da última Reunião de Câmara que teve lugar no passado dia 2 de setembro, tendo sido deliberada esta adesão através do pagamento de uma quota anual de 1000 € à associação.

Criada em 2016 na sequência do projeto ClimAdaPT.Local, a adapt.local é formada por uma parceria liderada por municípios, mas que envolve também instituições de ensino superior, centros de investigação, organizações não-governamentais e empresas. Entre os seus objetivos estão o desenvolvimento e implementação de soluções e de opções de adaptação às alterações climáticas, contribuir para a capacitação dos municípios portugueses nesta área e promover a incorporação de medidas de adaptação a este problema nas políticas, instrumentos de planeamento e intervenções locais.

Dada a geografia do seu território litoral, as alterações climáticas são um fator de preocupação acrescida em Lagos e no Algarve. Por esse motivo, esta problemática tem sido prioritária nas estratégias do município, nomeadamente através da elaboração do Plano Municipal de Adaptação às Alterações Climáticas (PMAAC-L), aprovado em janeiro de 2019, que permite avaliar e reduzir as vulnerabilidades climáticas do território lacobrigense e promover medidas de adaptação.

A adesão à adapt.local vem reforçar essas mesmas estratégias, criando uma dinâmica rede de suporte, cooperação e conhecimento que se apresenta como uma mais-valia para o município de Lagos e para a sustentabilidade do meio ambiente, garantindo também credibilidade e maturidade em todas as ações desenvolvidas neste campo.

Categories: Lagos