AGENDA

Quarteira antiga nas Aguarelas de Zélia Reis Ferreira para ver na Galeria de Arte Praça do Mar

As aguarelas de Zélia Reis Ferreira estão de volta a Quarteira.

“Aquarelas da Nossa Memória” é o nome da Exposição em aguarelas da artista plástica angolana Zélia Reis Ferreira, inaugurada na tarde de ontem, 26 de setembro, na Galeria de Arte da Praça do Mar, em Quarteira, onde estará patente ao público até ao dia 14 de novembro de 2020.

O ato inaugural contou com a presença do presidente da Câmara Municipal de Loulé, Vítor Aleixo e da diretora municipal Dália Paulo. Entre o público, realçamos a presença de Célia Pardal, filha do Porta Pardal, pescador e poeta popular quarteirense, retratado numa das aguarelas de Zélia Ferreira, brindada pela filha do poeta com um exemplar do livro de poemas do seu pai, “Em Cima do Mar Salgado”.

Esta mostra é uma viagem sobre a cultura e as tradições do povo de Quarteira, pois é através das “Aquarelas da nossa Memória” que temos um convite da pintora para uma viagem no tempo sobre a cultura, costumes, tradições e arquitetura da cidade e do povo de Quarteira.

Zélia Reis Ferreira, Maria de Zélia de Angola do Carmo Reis Ferreira, nasceu na cidade de Acácias Rubras, Benguela, Angola. Pintora e artista plástica graduada pelo Instituto Diderot de Belas Artes, em Bruxelas, Bélgica (escola de formação do Sablon no velho Sablon em Bruxelas). Zélia usa várias técnicas em seus trabalhos, nomeadamente a pintura de aquarelas, carvão, trompe l’oeil (técnica que cria uma ilusão ótica) e falso mármore. Também se dedica à arquitetura de interiores e decoração.

Recordamos que a artista plástica Zélia Reis Ferreira foi distinguida duas vezes em Paris, França, com o Prémio de Ouro, em 2017 e 2018, no âmbito das 21.ª e 22.ª edições Art Shopping, exposição internacional no célebre Carrousel du Louvre, pelos seus trabalhos “Sorrisos” e “Mamã Himba”.

Categories: AGENDA, Quarteira