AGENDA

LAGOS | Apesar da pandemia, cultura mantém-se bem viva

O município de Lagos, apesar da atual conjuntura de pandemia, tem vindo a manter a sua aposta na valorização da oferta cultural do concelho e no apoio ao setor cultural, em prol da comunidade e de quem nos visita, ajustando-a às circunstâncias, e no respeito por todas as normas de segurança e saúde em vigor. O mês de novembro apresenta-se recheado de excelentes propostas culturais nas mais variadas áreas. Desde a música, teatro, humor, passando também pelos encontros literários, workshops, exposições, arte e caminhadas.

No Centro Cultural de Lagos, o mês inicia com um grande destaque: a jovem artista Luísa Sobral apresenta no dia 6 (21h30) um concerto diferente e íntimo a partir do seu já vasto repertório. Já no dia 13, o ator Ivo Canelas fará duas sessões (18h30 e 21h30) do seu espetáculo “Todas as coisas maravilhosas”, apelando à participação do público num cruzamento imersivo do storytelling e do teatro imersivo. Logo no dia seguinte (21h30) é a vez de Marisa Carvalho e Nicole Gonçalves animarem o público com a sua hilariante comédia musical “Selva com Elas”. A ACTA e a sua peça “Instruções para abolir o Natal” fecham o mês no dia 28 (21h30) com um espetáculo atual e provocador.

Também no Centro Cultural, estarão patentes até 30 de dezembro (3ª a sábado, 14h00-18h00) duas exposições que elevam o meio artístico em Lagos: “Mundos Fragmentados”, de Ivan Ulmann, e “Matérias Incertas”, de Tom Saunders, Silke Weiβbach e Martim Brion.

A Biblioteca Municipal de Lagos, que em novembro celebra o seu 29º aniversário, também irá oferecer várias sessões gratuitas que apelam a todos os gostos, mediante inscrição prévia obrigatória (lotação limitada entre 10 a 16 inscrições). Logo no dia 1 de novembro (16h00), chega a segunda sessão dos Encontros “A Biblioteca dos livros perdidos. Conversas que ardem”, dedicado a “Júlio Dantas e o Modernismo português”, por Fernando Cabral Martins. A arte de contar histórias também estará em foco com “A História que quero contar: oficina de contador de histórias”, por Elsa Serra (dia 7, 10h00), “Conte lá, que eu canto cá”, pelas Trovadoras Itinerantes (dia 7, 21h30), e “O Teatro é a poesia que sai do livro e se faz humana – O teatro de Manuel António Pina”, pelo Bicho-do-Mato Clube de Leitura de Teatro (dia 15, 10h00). A saúde e o bem-estar também merecerão destaque com a sessão “Viagem sonora para atenção plena”, por Sandra Marreiros (dia 21, 15h30) e a masterclass “Bem-estar sustentável”, por Sofia Loureiro (dia 28, 15h00). O mês termina com a poesia de Ruy Belo através do recital “Um dia não muito longe e não muito perto” (dia 27, 21h30).

Um dos eventos de maior destaque anual no município de Lagos decorre em Barão de São João entre 6 e 8 de novembro. Com organização da autarquia e da Associação Almargem, o Walk and Art Fest prometem 3 dias de muitas caminhadas temáticas, arte, educação ambiental, workshops e muito mais. Poderá fazer a sua inscrição na variada oferta de passeios no site oficial do evento.

A música vai ecoar pela cidade com o Festival “Sons d’Aquém Mar – Concertos de Música Antiga”. Nos dias 1, 15 e 28 de novembro e 6 de dezembro, a Associação Cultural Questão Repetida promete concertos no Armazém Regimental e Igreja de S. Sebastião que são uma autêntica viagem pela História da Música.

A cultura está bem viva em Lagos. Celebre-a connosco, sempre em segurança.

Consulta toda a programação para o mês de novembro aqui.

Categories: AGENDA, Lagos