Albufeira

ALBUFEIRA | Autarquia distribui milhares de lancheiras e “crocs” às crianças dos jardins de infância e 1.º ciclo

Cerca de quatro mil crianças dos jardins de infância e escolas do 1º ciclo de Albufeira, estão a receber, desde esta manhã de segunda feira, 11 de janeiro, “crocs” e lancheiras reutilizáveis. Trata-se de um investimento superior a 47 mil euros por parte da autarquia, que visa proteger as crianças e o ambiente. Esta medida decorre da situação provocada pela pandemia por COVID-19. “A situação económica de muitas famílias ficou muito debilitada com esta pandemia e nem todos podem suportar o acréscimo de despesas, especialmente com as crianças, face às novas medidas”, refere o Presidente da Câmara Municipal.

José Carlos Rolo – Presidente da Câmara Municipal de Albufeira

O Município de Albufeira começou esta manhã a distribuir calçado às crianças dos jardins de infância (1000 “crocs”) e lancheiras (3000) que frequentam os jardins de infância e escolas do 1º ciclo do concelho. Trata-se de um investimento da autarquia no valor de 47.232 euros.

Esta medida decorre da situação provocada pela pandemia por COVID-19, nomeadamente das Orientações da Direção Geral de Saúde e DGEstE, para o ano letivo 2020/21 onde referem que “as crianças devem trocar o calçado que levam de casa por outro apenas utilizado no espaço do jardim de infância. Este calçado extra permanece no estabelecimento, devendo ser higienizado, todos os dias, após a saída da criança”. Entretanto, e porque “não devem ser partilhados quaisquer equipamentos ou alimentos” bem como os “utensílios da criança a devolver aos encarregados de educação”, esses mesmos utensílios “devem ser colocados em saco descartável”. O Município verificou que há o uso generalizado de sacos de plástico pelas crianças para o acolhimento dos seus alimentos, pelo que deliberou oferecer lancheiras reutilizáveis, onde os alimentos ficam mais conservados e, por outro lado, diminui a produção de resíduos não degradáveis.

José Carlos Rolo, presidente da Autarquia, considera que esta ação é “deveras importante, não só por questões de saúde, como também de conforto das nossas crianças. A situação económica de muitas famílias ficou muito debilitada com esta pandemia e nem todos podem suportar o acréscimo de despesas, especialmente com as crianças, face às novas medidas. Por outro lado, é igualmente é igualmente uma medida ambiental e pedagógica, para que o uso do plástico seja reduzido, uma necessidade para a qual as crianças são sensibilizadas nas escolas”.

Categories: Albufeira