Algarve

Algfuturo faz proposta ao Parlamento para evitar a penúria no Algarve


Para evitar penúria, Algfuturo faz proposta para defenir medidas especiais para as regiões cuja economia assenta sobretudo no turismo

– Já apresentada aos deputados do PS e PSD, com boa aceitação

  1. A preocupante encruzilhada em que se encontra o ano económico no Algarve, foi o ponto mais debatido entre 20 dirigentes da ALGFUTURO e os Deputados do PSD pelo Círculo de Faro, Cristóvão Norte e Rui Cristina.

A reunião integrou-se na ronda de Encontros promovida pela UNIÃO EMPRESARIAL DO ALGARVE com todos os deputados eleitos pelo Circulo de Faro, tendo os dirigentes associativos manifestado em estado de pânico o risco dos turistas estrangeiros não virem para a região este verão, pois seria um golpe mortal que provocaria penúria prolongada, com uma riqueza regional gerada em 2021 ser de caracter residual da ordem dos 20 a 30% dos valores normais, provocando falências em massa, desemprego, fome, fuga de quadros técnicos, doenças psicológicas e  mentais, suicídios, etc. Seria um inferno!

De forma a evitar a catástrofe, o Presidente da ALGFUTURO APRESENTOU DE FORMA DETALHADA A PROPOSTA DA UNIÃO EMPRESARIAL para os turistas virem, que consiste em declarar o Algarve e outras regiões do Continente com a perspetiva de dramas semelhantes, prioritárias para efeitos de vacinação, por serem regiões em estado de paralisia económica e penúria. Tal situação. poderá ser aferida, por exemplo, nos casos em que sectores fortemente dependentes do turismo ultrapassem 50% da riqueza regional (para o ano de 2019) e extrema debilidade dos outros sectores. 

Idêntica proposta já fora posta aos Deputados do PS, que também se mostraram sensíveis à solução.

  • Campanhas contra culturas de regadio: demonstrar a falta de fundamento e defender o bom nome dos agricultores

Outros pontos tratados foram: Plano Económico da ALGFUTURO, campanhas lançadas contra as culturas de regadio, pondo em causa o bom nome dos agricultores e da região, bem como atentarem contra a economia regional. Foi dada a informação que a ALGFUTURO e seus associados tudo farão para demonstrar que as campanhas contra carecem de fundamentos sólidos, estando os empresários empenhados na sustentabilidade, ponderada com as potencialidades, economia de mercado e disponibilidade de água, em cuja poupança se empenham, apelando a todos os agentes que também o façam.

Os Deputados apresentaram a sua proposta de redução das portagens em 50%, lamentando ser aplicada apenas em junho. Trata-se de uma reivindicação de sempre pela UNIÃO. abolir as portagens, abrindo em simultâneo as facilidades às entradas do enorme fluxo de andaluzes durante todo o ano, combatendo a sazonalidade.

Uma aposta forte na energia solar foi também abordado, concluindo-se que tem um caracter estratégico. devendo serem canalizados significativas verbas comunitárias.

Tal como ficou acordado com o PS, serão mantidos contactos regulares com os Deputados por iniciativa de qualquer das partes.

A Comissão Executiva da Algfuturo

Categorias:Algarve, Empresas