Desporto

VILAMOURA | Boas condições de vento marcaram o arranque Campeonato do Mundo da classe 470

As três regatas do dia foram cumpridas com muito vento ao largo de Vilamoura com as cerca de 80 tripulações a dar início à luta pelo título mundial.

A dupla espanhola Jordi Xammar e Nicolas Rodriguez, líderes do ranking mundial e atuais vice-campeões mundiais, terminou o dia na liderança, seguida da tripulação sueca Anton Dahlberg e Fredrik Bergström e dos gregos Panagiotis Mantis e Pavlos Kagialis.

Nesta competição, para além do título de campeão do mundo, luta-se pela única vaga existente para os Jogos Olímpicos Tóquio 2020. 6 equipas ainda não conseguiram a qualificação e será aqui que vão tentar a sua sorte.

Diogo e Pedro Costa

Portugal tenta também obter a sua qualificação para Tóquio através das duas equipas em prova. A dupla Diogo e Pedro Costa é até ao momento a mais bem posicionada após um bom arranque no mundial com um 2º lugar logo na primeira regata, terminando na 6º posição da geral.

“Foi um dia muito bom, com bom vento e onde não cometemos muitos erros. Esperamos ver como sai o dia de amanhã. Todas as duplas estão em boa forma, vai ser renhido até ao final” afirmou Diogo Costa.

Camille Lecointre e Aloïse Retornaz

Na competição feminina as francesas Camille Lecointre e Aloïse Retornaz, atuais campeãs da Europa, lideram a classificação ao conseguirem um 1º e 2º lugar no dia inaugural da prova.

As espanholas Silvia Mas Depares e Patricia Cantero Reina confirmaram hoje a sua boa forma garantido o 2º lugar na geral. As italianas Elena Berta e Bianca Caruso fecharam o Top 3.

É em Vilamoura que, pela primeira vez, um campeonato do mundo desta classe recebe tripulações mistas, formato que será adaptado pela classe depois dos Jogos Olímpicos de 2024. Nesta frota o melhor desempenho nas águas de Vilamoura pertenceu aos israelitas Gil Cohen e Noam Homri.

Amanhã arranca o Campeonato da Europa de RS:X com mais de 80 pranchas em competição. Nesta classe, todos os países já garantiram a qualificação para Tóquio mas é em Vilamoura que irão eleger o velejador que os irá representar.

Fotos: Uros Kekus Kleva

Categories: Desporto, Quarteira