Loulé

LOULÉ | Equipa de Sapadores Florestais reforça prevenção e proteção das áreas rurais do concelho

A Câmara Municipal de Loulé, através do seu Serviço Municipal de Proteção Civil, vai passar a dispor de uma Equipa de Sapadores Florestais, reconhecida no passado dia 11 de maio pelo Conselho Diretivo do Instituto de Conservação da Natureza e Florestas.

Constituída por trabalhadores especializados, com perfil e formação adequados ao exercício de atividades de gestão florestal, proteção e defesa da floresta, sob coordenação do Gabinete Técnico Florestal, esta equipa vem reforçar as estruturas de prevenção e de combate já existentes, através de uma ação conjugada de esforços das diferentes entidades empenhadas na defesa da floresta contra incêndios. 

Com um carácter permanente, é formada por seis elementos apoiados por uma viatura 4×4 munida de material de comunicação, equipamento de primeira intervenção para incêndios rurais (com capacidade para 500 litros), equipamento de proteção individual, material mecânico e manual.

Pretende-se, com o funcionamento desta equipa, aumentar a capacidade de resposta aos incêndios rurais durante o período crítico e intervir em ações de silvicultura preventiva durante o resto do ano, aumentando também o investimento em prevenção estrutural no Município.

A Equipa de Sapadores ficará sediada na antiga Casa dos Cantoneiros, no Vale Maria Dias, tendo em conta a localização estratégica do edifício (que se encontra em fase de remodelação e ampliação) que será a Unidade Avançada de Proteção Civil Municipal, situada em plena Serra do Caldeirão, uma das zonas mais sensíveis da região em termos de incêndios florestais.

Importa ainda referir que esta Equipa de Sapadores irá integrar o patrulhamento florestal com as Equipas Municipais de Intervenção Florestal já existentes, no que concerne à vigilância armada, durante a época dos incêndios florestais, ficando assim o Município a contar com 3 equipas com estas valências, que resultam na prática na implementação de uma estrutura municipal (provida de meios e recursos) por forma a responder aos crescentes desafios e exigências atuais que se colocam à Proteção Civil Municipal.

Recorde-se que o Município de Loulé tem uma área de 763,67 km², em que 40% ocupada pelas classes de perigo de incêndio florestal muito elevada e elevada, e cerca de 51,3% da sua superfície classificada como área protegida, englobando uma grande diversidade de habitats, ricos em fauna e flora, património geológico e outros recursos que urge proteger da ameaça dos incêndios florestais.

Tem sido apanágio da Câmara Municipal de Loulé, por cada ano que passa, melhorar e aumentar os seus vetores de atuação no que concerne à estratégia preventiva e à defesa de pessoas e bens em área florestal, de forma a que em cada época de incêndios rurais seja reforçado o dispositivo de vigilância, primeira intervenção e combate, promovendo assim o aumento da resiliência das comunidades do concelho face ao flagelo dos incêndios rurais.

Categories: Loulé