Faro

Parque de Campismo da Praia de Faro já abriu ao público

Equipamento público foi inaugurado no sábado e reabriu portas com condições iguais para todos 18 anos depois. Espaço, que já começou a receber visitantes, ainda vai ser melhorado com a colocação de estruturas de sombreamento

Dezoito anos depois de ter encerrado ao público, o renovado Parque de Campismo Municipal da Praia de Faro reabriu esta segunda-feira, com condições iguais para todos e capacidade total para 689 pessoas (entre 200 lotes para tendas e 24 para caravanismo). Este espaço emblemático – situado numa localização privilegiada entre a Ria e o mar e que já começou a receber visitantes – vai afirmar ainda mais esta zona balnear como destino turístico de excelência.

A inauguração formal do Parque de Campismo aconteceu no passado sábado, mas ainda antes da abertura ao público em geral, este foi “estreado” simbolicamente durante o fim de semana por grupos de escuteiros, escutas e guias do concelho, que tiveram a honra de ser os primeiros a acampar neste emblemático espaço agora reabilitado.

Com área total de 20.372 metros quadrados, este recinto conta agora com 200 lotes para acampamento e tendas (575 pessoas) e 24 lotes destinados ao caravanismo (114 pessoas). No entanto, devido à pandemia, este espaço – que conta também com receção, balneários, uma zona de jogos, um parque infantil, posto de primeiros socorros ou churrasqueira – vai funcionar para já com lotação limitada, que se irá ajustando em função da realidade. Para além disto, foram plantadas cerca de uma centena de árvores no recinto.

Recorde-se que o antigo parque de campismo encerrou ao público em 2003, embora aquele terreno municipal tenha continuado a ser utilizado pelos utentes que já lá estavam, tendo, em 2010, passado a gestão do espaço para uma associação de direito privado, através de um contrato de comodato com a autarquia – que até ali custeava todas as despesas inerentes à instalação.

Só a 25 de novembro de 2019, após várias lutas jurídicas, o Parque de Campismo voltou para as mãos da Câmara Municipal de Faro. Em dezembro do mesmo ano, ao mesmo tempo em que começavam as obras de requalificação do espaço, o Município aprovou um regulamento para o Parque de Campismo, com gestão municipal, que prevê agora a rotatividade dos utentes: no máximo, o período de estadia não poderá ser superior a 15 dias.

Ao todo, o Município investiu cerca de 800 mil euros na requalificação do Parque de Campismo, espaço que também conta, desde 9 de abril deste ano, com uma peça do artista Bordalo II. A instalação, que pode ser vista desde longe na torre de água do Parque, retrata um cavalo-marinho de grande dimensão que embeleza este espaço icónico e alerta para o estado de conservação da Ria Formosa, habitat natural de centenas de espécies protegidas.

No âmbito da inauguração formal do Parque, o presidente da Câmara de Faro, Rogério Bacalhau, congratulou-se com o fim de uma longa batalha para devolver este espaço emblemático ao usufruto público. “Este espaço já devia estar a funcionar há algum tempo, mas hoje, finalmente, temos aqui um espaço único, digno e com todas as condições e uma localização fenomenal, com o mar a sul e a Ria Formosa a norte”, referiu Rogério Bacalhau, adiantando que “não existe outro parque com estas características”.

“Por isso, a partir de agora, toda a gente que o desejar e caso haja disponibilidade, pode ficar no parque, bastando para isso dirigir-se à portaria e usufruir”, acrescentou ainda o presidente, em jeito de convite. Os interessados em usufruir do novo Parque de Campismo podem ainda contactar a receção do Parque de Campismo, através dos contactos de telefone 289 870 805 ou do e-mail parque.campismo@cm-faro.pt.

Categories: Faro, Turismo