AGENDA

Apresentação das bases do Plano Ferroviário Nacional no Algarve | 19 de julho

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) da Região do Algarve, em parceria com o Gabinete do Ministro das Infraestruturas e Habitação e com o Instituto de Mobilidade e Transportes (IMT), promove na próxima segunda-feira, dia 19 de julho, pelas 15 horas, uma sessão de apresentação das bases do Plano Nacional Ferroviário, nos termos do programa anexo.

O setor dos transportes representa 25% das emissões de gases com efeito de estufa da União Europeia, enquanto o transporte ferroviário é responsável por apenas 0,4% dessas emissões. O setor dos caminhos-de-ferro é, em grande parte, eletrificado, tendo sido o único modo de transporte a reduzir consideravelmente as suas emissões desde 1990. Este setor também pode desempenhar um papel significativo no âmbito do turismo sustentável.

No Algarve, as Infraestruturas de Portugal têm previsto para este ano de 2021 a adjudicação da eletrificação da Linha do Algarve, no âmbito do Programa Ferrovia 2020.

No ano assinalado como Ano Ferroviário Europeu avança o debate sobre  o Plano Ferroviário Nacional (PFN), um instrumento que irá definir a rede ferroviária de interesse nacional e internacional. Com este plano, pretende-se conferir estabilidade e previsibilidade ao planeamento da rede ferroviária para um horizonte de médio e longo prazo.

A adoção de um Plano Ferroviário Nacional está prevista no programa do XXII Governo Constitucional, que também estabelece como objetivos levar a ferrovia a todas as capitais de distrito, reduzir o tempo de viagem entre Lisboa e Porto e promover melhores ligações da rede ferroviária às infraestruturas portuárias e aeroportuárias. Além desses, o PFN deverá assegurar uma cobertura adequada do território e a ligação dos centros urbanos mais relevantes, bem como as ligações transfronteiriças ibéricas e a integração na rede transeuropeia. Deverá ainda garantir a integração do modo ferroviário nas principais cadeias logísticas nacionais e internacionais.

Na Estratégia de Desenvolvimento Regional – Algarve 2030 destacam-se como muito relevantes a melhoria das ligações modais intrarregionais, em particular na ligação ao aeroporto internacional de Faro, bem como o desenvolvimento do estudo de ligação a Andaluzia, posição partilhada e recentemente reiterada por ambas as regiões através de manifesto assinado por associações empresariais e autarcas.

PLANO FERROVIÁRIO NACIONAL

Sessão Regional

Faro | Auditório da CCDR Algarve | 19 julho 2021 | 15h00

Programa

15h00 – Boas Vindas

  • José Apolinário, Presidente CCDR Algarve
  • António Pina, Presidente da Comunidade Intermunicipal do Algarve AMAL

15h20 – Apresentação das bases de elaboração do Plano Ferroviário Nacional

– Gabinete do Ministro das Infraestruturas e da Habitação e Instituto de Mobilidade e Transportes.

15h50 – Algarve e a Ferrovia: perspetiva regional

  • Paulo Águas, Reitor da Universidade do Algarve
  • Alberto Mota Borges, Diretor do Aeroporto de Faro
  • Cristina Grilo e José Caramelo, Movimento MAIS FERROVIA

16h20 – Mesa Redonda: O Turismo e o Transporte Ferroviário

  • João Fernandes, Turismo do Algarve
  • Vítor Neto, NERA
  • Elidérico Viegas, AHETA
  • Daniel do Adro, AIHSA
  • Paulo Alentejano, ACRAL
  • Pedro Lopes, Associação Turismo de Portimão.

17h15 – Encerramento

–  Eduardo Elísio Feio, Presidente do Instituto da Mobilidade e dos Transportes

Categories: AGENDA, Algarve