Nacional

BPI lança BPI Citizen, destinado a clientes internacionais que escolhem Portugal para viver ou trabalhar

  • BPI Citizen destina-se a um novo segmento de Clientes internacionais e engloba um conjunto de produtos e serviços financeiros e não financeiros e um inovador e exclusivo serviço de assistência, que inclui intérpretes à distância, pesquisa de colégios locais, assistência tecnológica remota, Serviço de Realocação, orientação médica, entre outros serviços.
  • BPI Citizen destina-se a um novo segmento de Clientes internacionais e engloba um conjunto de produtos e serviços financeiros e não financeiros e um inovador e exclusivo serviço de assistência, que inclui intérpretes à distância, pesquisa de colégios locais, assistência tecnológica remota, Serviço de Realocação, orientação médica, entre outros serviços.

O BPI anuncia o lançamento do BPI Citizen, desenhado para cidadãos estrangeiros que residem ou queiram mudar para Portugal, em particular no segmento de Clientes Internacionais. Para além dos produtos associados, a grande inovação é um serviço de assistência exclusivo – o Citizen Living Solutions -, que vai permitir facilitar a integração e a estadia de Clientes internacionais no país.

O BPI Citizen tem associado uma conta multiproduto para gestão do dia-a-dia e, na adesão a esta, os Clientes terão acesso gratuito ao Citizen Living Solutions, um serviço de apoio telefónico ou digital, em 4 línguas (inglês, francês, alemão e português) disponível 365 dias por ano, 24h/dia, que compreende um vasto conjunto de benefícios para estrangeiros, como sejam traduções online, pesquisa local de colégios, clínicas ou ginásios, assistência tecnológica remota, Serviço de Realocação, orientação médica ou veterinária à distância, etc.

O BPI vai ter uma rede de balcões mais direcionados para o atendimento bilingue (inglês e francês), situados maioritariamente na região do Algarve.

Rafael Aguilera Lopez, Diretor de Marketing de Particulares do BPI, salientou que “o BPI Citizen se dirige a Clientes internacionais que compraram ou arrendaram propriedades imobiliárias em Portugal, e que residam no país de forma permanente ou durante um período do ano. Estamos a falar de famílias que compram casas de férias, investidores, executivos de negócios ou reformados, pessoas com rendimentos geralmente superiores à média nacional, provenientes sobretudo de países da Europa Ocidental e da América do Norte, e que valorizam a segurança, o clima e a qualidade de vida de um país como Portugal. O novo serviço vai impulsionar a relação com este segmento de clientes, em crescimento há vários anos, e que tem necessidades muito específicas e pretende ter acesso a serviços inovadores, abrangentes, de elevada sofisticação e que facilitem a sua integração num novo país”.

Estima-se que existam atualmente em Portugal cerca de 50 mil cidadãos estrangeiros que beneficiam do regime fiscal de Residente Não Habitual.

Categories: Nacional