Loulé

Loulé “tremeu” com sismo

Passavam 5 minutos das 11 horas da passada sexta-feira, 5 de novembro, que Loulé participou em mais uma edição consecutiva da iniciativa “A Terra Treme”, exercício nacional de sensibilização para o risco sísmico promovido anualmente pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), em colaboração com diversas entidades públicas e privadas.

O Serviço Municipal Proteção Civil esteve presente nas sedes de agrupamentos escolares e escolas secundárias do concelho de forma a colaborar na implementação do exercício, envolvendo um total de 6488 alunos que  adotaram este procedimento que pode salvar vidas, contribuindo, desta forma, para a consciencialização e aprendizagem sobre como agir antes, durante e após um sismo. Além dos técnicos da Proteção Civil, a iniciativa contou também com a presença dos Bombeiros e GNR.

O exercício propriamente dito compreende a prática de 3 gestos simples que podem fazer a diferença a quem os praticar perante a ocorrência de um sismo. A ação desenrolou-se durante um minuto, no qual os participantes, individual ou coletivamente (famílias, escolas, empresas, instituições publicas, privadas ou associativas), executam os 3 gestos de autoproteção: Baixar, Proteger e Aguardar, seguindo de posterior evacuação do espaço para o ponto de encontro.

Refira-se que este ano assinalou-se a 9ª edição do exercício, data que coincidiu com o Dia Mundial de Sensibilização para o Risco de Tsunami, efeméride instituída pela ONU. A iniciativa insere-se nas atividades integrantes da Estratégia Nacional para uma Proteção Civil Preventiva e visa capacitar a população para saber como agir antes, durante e depois de um sismo. É objetivo de “A Terra Treme” sensibilizar os cidadãos para o facto de viverem numa sociedade de risco, desafiando-os a envolver-se no processo de construção de comunidades mais seguras e resilientes a catástrofes.

Categories: Loulé