Olhão

Culatra – Comunidade Sustentável

A Associação de Moradores da Ilha da Culatra, em parceria com a SCIAENA, encontra-se a desenvolver o projeto “Culatra – Comunidade Sustentável”, financiado pelo Programa Cidadãos Ativ@s no âmbito da iniciativa EEAGrants, operacionalizado em Portugal pela Fundação Calouste Gulbenkian e Fundação Bissaya Barreto.

Este projeto insere-se na estratégia da Iniciativa Culatra2030 – Comunidade Energética Sustentável, liderado pela Universidade do Algarve, com o objetivo de criar, no Núcleo Piscatório da Culatra, uma comunidade energética sustentável através de uma intervenção integrada no modelo de gestão energética, gestão de resíduos, gestão da água e criação de novos mecanismos de Responsabilidade Social, assentes nos princípios da Economia Circular e Participada, Combate à pobreza energética e Coesão Social.

Trata-se de um projeto colaborativo, que visa fortalecer a cultura democrática e a consciência cívica, que resulta e tenta materializar o processo de compromisso e de mobilização da comunidade da Culatra assumido através do Diagnóstico Participativo implementado na Ilha, em que é unanime o reconhecimento da importância e da necessidade de mudança para práticas e atitudes mais sustentáveis, rumo a uma transição energética até 2030.

Esta transição terá que incorporar o respeito pela singularidade social e económica da comunidade, a preservação dos ecossistemas e seus recursos e a procura de soluções justas para a criação de um tecido social assente em princípios de circularidade, pelo que projeto tem a sua estratégia assente na melhoria dos níveis de sustentabilidade das atividades e eventos promovidos pelas coletividades locais; contribuir para a consciencialização da comunidade sobre práticas de consumo responsáveis; capacitar, informar e sensibilizar os agentes da economia do mar e agentes económicos locais para a redução de resíduos sobre práticas de conservação e proteção dos recursos do mar e da ria; criar soluções criativas e inovadoras para o compromisso da sustentabilidade, através da criação artística, da promoção da cultura e do fomento da fruição pública dos espaços. Neste processo, os jovens assumem especial importância, uma vez que se pretende um trabalho conjunto se afirmarem enquanto agentes de mudança.

A primeira atividade pública decorre na manhã de hoje, dia 01 de dezembro, e consiste numa ação de limpeza de praia.

Categorias:Olhão