Portimão

Bloco exige investimento no Hospital de Portimão

José Gusmão esteve esta quinta-feira no Hospital de Portimão e  denunciou a falta de investimento continuado num hospital vital para a  população do Algarve. O candidato do Bloco de Esquerda exigiu melhores  condições logísticas e a contratação dos profissionais de saúde que  faltam, lembrando a posição do Bloco de Esquerda sobre a importância  da abertura de vagas em exclusividade e a valorização das carreiras  dos profissionais de saúde.

O Bloco encontrou-se no Hospital com a Comissão de Utentes do Hospital  de Portimão que tem denunciado as carências do Hospital. José Gusmão  afirmou que o Governo tem justificado a ausência de investimento nos  hospitais do Algarve com o futuro Hospital Central do Algarve, mas nem  o Hospital Central avança, apesar de todas as promessas, nem o  Hospital de Portimão beneficia dos investimentos e contratações  necessárias.

A delegação do Bloco de Esquerda chamou ainda a atenção para a  proposta do Bloco de Esquerda de dar autonomia aos hospitais para  contratarem os profissionais de que necessitam para cumprir as  exigências de cuidados à população, autonomia essa que o Governo tem  rejeitado sistematicamente e que tem levado a gastos agravados com a  contratualização com privados.

A delegação do Bloco de Esquerda foi composta por José Gusmão,  cabeça-de-lista do BE pelo Algarve, João Vasconcelos, atual deputado e  mandatário da candidatura bloquista e outros dirigentes locais e distritais do Bloco.

Categorias:Portimão, Saúde