Albufeira

Albufeira une forças para receber refugiados Ucranianos

O Salão Nobre acolheu esta manhã uma reunião entre o presidente da Câmara Municipal, José Carlos Rolo, vereadora Cláudia Guedelha, da Proteção Civil, IPSS´s do concelho, Bombeiros Voluntários, Juntas de Freguesia, párocos e o Pe. Andriy Voukunovych responsável pela Associação Alegria De Leste – Apoio Aos Imigrantes do Algarve, sedeada em Albufeira e Lyudmyla Voznyuk, responsável peça Associação Anjos da Misericórdia. “Temos que ser organizados e coordenados sob pena de desperdiçarmos esforços e bens”, reiterou o autarca José Carlos Rolo.

“A qualquer momento, pode chegar a Albufeira um autocarro com cerca de 60 refugiados da Ucrânia”, salientou esta manhã o Pe. Andriy Voukunovych responsável pela Associação Alegria De Leste – Apoio Aos Imigrantes do Algarve, numa reunião convocada pela Câmara Municipal de Albufeira, no sentido de organizar uma resposta concertada entre todas as forças vivas do concelho, quanto a medidas de apoio que o município vai prestar aos refugiados ao nível da solidariedade, acolhimento e integração.

A reunião decorreu no Salão Nobre entre o presidente da Câmara Municipal, José Carlos Rolo, vereadora Cláudia Guedelha, da Proteção Civil, IPSS´s do concelho, Bombeiros Voluntários, Juntas de Freguesia, párocos e o Pe. Andriy Voukunovych responsável pela Associação Alegria De Leste – Apoio Aos Imigrantes do Algarve, sedeada em Albufeira e Lyudmyla Voznyuk, responsável peça Associação Anjos da Misericórdia. “Temos que ser organizados e coordenados sob pena de desperdiçarmos esforços e bens”, reiterou o autarca José Carlos Rolo.

A Câmara Municipal de Albufeira disponibiliza desde já a linha direta da Proteção Civil “para apoio à comunidade ucraniana residente no concelho e aos ucranianos que cheguem a Albufeira por força do conflito militar que o país está a viver e o mesmo se aplica à população russa que vive, de igual modo, situação semelhante.

Neste momento Albufeira dispõe de capacidade de alojamento para os refugiados ucranianos, bem como de alimentos e roupas suficientes. Ficou a alerta para que não haja mais doações alimentares ou têxteis, o mesmo não se podendo dizer de medicamentos e produtos de primeiros socorros.

Os Bombeiros Voluntários de Albufeira têm mais de uma centena de paletes com alimentos e roupas, e promove, mais logo, às 19h00, uma vigília frente à Câmara Municipal, no sentido de angariar donativos para a população ucraniana. À noite, os Paços do Concelho vão ficar iluminados de azul e amarelo, numa ação desenvolvida por um benemérito, para que se assinale a solidariedade do povo albufeirense para com a Ucrânia.

A resposta às necessidades dos refugiados passará também por estabelecimento de aulas de ensino regular ucraniano para as crianças e aulas de Língua Portuguesa. O emprego é um fator que será assegurado, concorrendo para isso uma reunião que irá ter lugar amanhã, na AMAL, entre todos os municípios, para uma resposta coordenada de toda a região face a este conflito militar e consequente crise humanitária.

Categorias:Albufeira, Internacional