AGENDA

Fish Revolution: Eurest apresenta projeto inovador concebido a pensar nas refeições escolares com foco na sustentabilidade

Amanhã, dia 22 de março, às 10h30

Conferência | “O Almoço do futuro tem sabor a Mar”

Conferência “O Almoço do futuro tem sabor a Mar” vai debater o futuro da alimentação escolar, onde a ciência e a inovação estão de mãos dadas à mesa. O objetivo é também apresentar o Fish Revolution, um projeto inovador à base de peixe, desenvolvido pela Eurest em parceria com a Pescanova e o Chef Ángel León. Este novo produto – talharins de pescada – tem como base 70% de pescada do cabo certificada. Não é massa, é peixe em forma de massa! O talharim de pescada alia a componente nutricional com a componente comportamental, através da promoção de uma nova forma de consumir pescado nas camadas mais jovens da nossa população. A componente da sustentabilidade está bem presente no desenvolvimento do produto, desde a seleção de matéria-prima com certificado de sustentabilidade, ao processo de produção e culminando com a redução do desperdício alimentar inevitavelmente associado aos pratos de peixe.

conferência decorre amanhã, Dia Mundial da Água – dia 22 de março, 10h30, na Universidade Católica Portuguesa de Lisboa, e conta com a presença de vários especialistas de diferentes áreas.

A Conferência sobre o futuro da alimentação escolar, moderada por Fernanda Freitas, tem como oradores Manuel Pizarro (Eurodeputado membro da comissão das Pescas e da comissão do Emprego e dos assuntos Sociais), Conceição Calhau (Nutricionista. Investigadora e Professora Catedrática na NOVA Medical School), Rute Dinis de Sousa (Psicóloga. Diretora Executiva da Unidade de I&D Comprehensive Health Research Centre (CHRC) Nova Medical School), Susana Fonseca (Representante da Associação ZERO), Ana Vazquez Rabuñal (I+D Nueva Pescanova) e Henrique Leite (CEO da Eurest Portugal).

Com o intuito de influenciar positivamente os hábitos alimentares das crianças em idade escolar, a Eurest Portugal, em parceria com o Chef Ángel León (chef espanhol reconhecido pela vertente da inovação e pelas três estrelas Michelin que já recebeu), que está envolvido no projeto desde o início, aposta no lançamento de um conceito inovador, o Fish Revolution, que alia o valor nutricional do peixe ao gosto que os consumidores mais jovens têm por massas! “Como se costuma dizer, os olhos também comem e é o caso! Quem não sabe do que se trata, diz que é massa. Mas, na verdade não é massa, é peixe em forma de talharim”, diz Beatriz Oliveira, Nutricionista e Diretora da Qualidade da Eurest Portugal. “Os nossos talharins, com 70% de pescada do Cabo, são uma excelente fonte proteica e são isentos de glúten, sendo uma boa alternativa para os celíacos”, diz Beatriz Oliveira.

“Para além disso, são simples de confecionar e ingerir, uma vez que não tem espinhas”, refere Ángel León, o chef espanhol que desenvolveu as receitas e testou a harmonia dos pratos: Talharins de pescada salteados com legumesTalharins de pescada com molho de tomate e Talharins de pescada com queijo parmesão“É com este conceito inovador que queremos promover a ingestão de proteína do peixe nos menus escolares, apresentando pratos com texturas, sabores e formatos atraentes para os mais pequenos. Acreditamos que este novo conceito de ingerir peixe é perfeito para as crianças no que diz respeito ao aspeto, aroma e sabor”, refere Beatriz Oliveira.

“O Fish Revolution é isso mesmo, uma nova tendência, uma nova forma de ingerir peixe! O consumo de peixe traz variados benefícios para a saúde, mas é importante que o seu consumo também seja feito de forma responsável. Por isso, decidimos inovar e apostar neste novo conceito com o objetivo de promover uma alimentação mais equilibrada junto das crianças, mas sem esquecer o propósito de tornar o planeta mais sustentável através de opções alimentares também elas mais sustentáveis.”, refere Henrique Leite, CEO da Eurest Portugal. “Queremos que esta conferência seja um momento de partilha e de experiências de degustação que antecipam realidades e falam de tendências, pois esta poderá ser a receita para o futuro das nossas refeições e das refeições das nossas crianças”, conclui Henrique Leite.

Conferência “O almoço do futuro sabe a mar” pretende ser um espaço de partilha à volta da mesa – a alimentação é apenas o pretexto – para conversas, visões e opiniões de especialistas de diferentes áreas:

Programa | O Almoço do futuro tem sabor a mar:

10h30 | Welcome drink

11h00 | Mesa redonda

Moderação | Fernanda Freitas

Henrique Leite, Diretor Geral da Eurest

Testemunho

Manuel Pizarro, Eurodeputado membro da comissão das Pescas e da comissão do Emprego e dos assuntos Sociais

Como alimentar o rendimento escolar?

Conceição Calhau, Nutricionista. Investigadora e Professora Catedrática na NOVA Medical School

Hábitos alimentares. Que alimentos se “sentam à mesa” com as crianças?

Rute Dinis de Sousa, Psicóloga. Diretora Executiva da Unidade de I&D Comprehensive Health Research Centre (CHRC) Nova Medical School

Como ser um Consumidor sustentável de pescado?

Susana Fonseca, Membro da Direção da ZERO

Ana Vazquez Rabuñal, I+D Nueva Pescanova

Fish Revolution, inovação sustentável

13h | Degustação dos pratos

Link para assistir à conferência, na impossibilidade de não conseguir estar presencialmente – https://videocast.fccn.pt/live/ucp/eurest

Categorias:AGENDA, Nacional