Algarve

Ator farense João de Brito no papel de Otelo Saraiva de Carvalho no filme “Salgueiro Maia – O Implicado”

A Diretora Regional de Cultura do Algarve, Adriana Freire Nogueira, assinala a participação do ator farense, João de Brito, no filme “Salgueiro Maia – O Implicado”, com a interpretação da carismática personagem de Otelo Saraiva de Carvalho. Este trabalho vem consolidar uma já assinalável carreira de João de Brito enquanto ator profissional. João de Brito nunca deixou, ainda assim, de manter atividade cultural e artística na sua cidade e região de origem, enquanto ator, encenador ou promovendo no seu espaço próprio – LAMA Box – o acolhimento de workshops, encontros, aulas de teatro e outras atividades de promoção cultura e das artes performativas junto do público algarvio. Destaca-se, recentemente, o projeto Mochila, um festival de artes performativas especificamente pensado para o público escolar.

João de Brito no filme “Salgueiro Maia – O Implicado”

Licenciado em Teatro – Formação de Actores, pela Escola Superior de Teatro e Cinema e mestre em Práticas Culturais para Municípios pela FCSH (Univ. Nova de Lisboa), João de Brito tem uma extensa carreira no teatro, cinema, televisão, locução, publicidade, entre muitas outras atividades, com destaque para a Co-fundação e Direção Artístico do LAMA Teatro (2016).

Dos seus trabalhos mais recentes realizados no Algarve, destacamos a encenação de “Bastien e Bastienne”, uma ópera de Mozart, produção da Artis XXI-Lagoa (2022), a encenação e idealização do programa o “MOCHILA – Festival de Teatro para Crianças e Jovens” (2021), a encenação da peça “Amor Doméstico”, produzida pela A Fera Teatro, com apoio da DRCAlg (2021), e a criação e encenação da “Mente Inquieta”, com os utentes da Associação de Saúde Mental do Algarve, no Teatro Lethes.

Em cinema trabalhou com Sérgio Graciano, António Pedro Vasconcelos, Diogo Simão, Pedro Filipe Marques, Francisco Carvalho, Frederico Ferreira, Maria Pinto, Philip Rylatt, Telmo Vicente e Margarida Gil.

Em teatro, foi dirigido por: Carlos Avilez, Francisco Campos, Catarina Requeijo, Rui Mendes, Rui Catalão, João Galante e Ana Borralho, Tiago Gandra, Madalena Victorino, Marta Silva, Marta Coutinho, Filomena Oliveira, Miguel Loureiro, André Guedes, Bruno Bravo, Rui Neto, Gonçalo Amorim, Giacomo Scalisi, Miguel Fragata, Inês Barahona, Carlos Marques, João Brites, Nuno M. Cardoso, Jorge Silva, José́ Peixoto, Jorge Silva Melo, Marta Lapa, Tiago Cadete, Marco Paiva, Maria Camões, Yola Pinto, Paulo Lage, Cristina Carvalhal, Ávila Costa, Luís Zagalo, tendo colaborado com as estruturas: Artistas Unidos, Colectivo 84, Casa Branca, Formiga Atómica, Lavrar o Mar, Primeiros Sintomas, Rumo do Fumo, Teatro oBando, Teatro dos Alóes, Teatro da Sibila, Teatro Experimental de Cascais e Teatro Experimental do Porto.

Em televisão participou em Três Mulheres, Nazaré, Jogo Duplo, Teorias da Conspiração, Criação, Rainha das Flores, Miúdo Graúdo, Coração D´Ouro, Única Mulher, Poderosas, Jardins Proibidos, Beirais, Água de Mar, Sol de Inverno, Belmonte, Destinos Cruzados, Música Maestro, Dancing days, Hotel de 5 estrelas, Doida por ti, Rosa Fogo, Regra de Três (Telefilme), Portal do Tempo, 5 para a Meia-Noite (sketchs), Conta-me Como Foi, Liberdade 21, Rebelde Way, Cenas do Casamento, Chiquititas, Diário de Sofia.

Em 2016, venceu o prémio Vicente Teatro – melhor encenação, com o espectáculo Leôncio e Lena e mais recentemente (2020) foi nomeado para melhor actor no Shortcutz Viseu e para o Prémio CineEuphoria Melhor Actor em Curta-Metragem.

Categorias:Algarve