Algarve

ALGARVE | Alterações climáticas obrigam a mudar paradigma e encontrar soluções de futuro

No âmbito do DIA DA EUROPA 2022, a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Algarve e o Europe Direct Algarve promoveram uma conferência-debate sobre o tema das alterações climáticas, na qul participaram Filipe Duarte Santos, Presidente do Conselho Nacional do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (CNADS), Luis Filipe Dias, coordenador do Plano Intermunicipal de Adaptação às Alterações Climáticas (PIAAC – AMAL), António Miguel Pina, Presidente da Comunidade Intermunicipal do Algarve (AMAL), e Pedro Coelho, Diretor Regional da Agência Portuguesa do Ambiente.

Moderada pelo jornalista Duarte Baltazar (RTP), ele próprio galardoado com o Prémio de Jornalismo Fernando de Sousa, a Conferência-Debate contou com a participação de dezenas de representantes das instituições e entidades regionais púbicas e privadas e de jovens das Escolas Embaixadoras do Parlamento Europeu, seguindo-se um concerto musical pela União, com a participação da Associação Filarmónica de Faro e do Grupo Coral Ossónoba.

Na intervenção de abertura, o Presidente da CCDR Algarve, José Apolinário, evocou o legado de “Jean Monet e Robert Schuman, pais fundadores da União Europeia, assim como todas e todos os que foram construindo o projeto europeu, de uma União que tem entre os seus objetivos a promoção da Paz, dos seus valores e o bem-estar dos seus Povos, defendendo a urgência de se restabelecer a Paz na Ucrânia, de terminar uma invasão e uma guerra em violação do direito internacional.”

Sobre a temática das Alterações Climáticas, o Presidente da CCDR Algarve destacou “o pioneirismo da Comunidade Intermunicipal do Algarve (AMAL), ao adotar um Plano intermunicipal de ação no domínio das alterações climáticas”, sublinhando a necessidade de “planear, articular e atuar a nível regional e supramunicipal, ao nível intermunicipal, ao nível do Município e da Freguesia “.

Segundo José Apolinário, o PIAAC-AMAL “constituiu um passo em frente, um passo pioneiro de cooperação e concertação intermunicipal, neste pensar global e agir local”, destacando igualmente “o ambicioso trabalho em curso no Município de Loulé, com o Plano Municipal de Ação Climática de Loulé, que esteve em consulta pública ao longo do ano de 2021, bem como os trabalhos em curso e os documentos já aprovados por Municípios como Lagos, em fase de intensa participação, de Faro, entre outros que mais recentemente  iniciaram este percurso”.

“Aqui chegados importa deixar claro que em matéria de alterações climáticas, ao nível global como na nossa região, não basta fazer mais do mesmo, ainda que um pouco mais eficiente ou até um pouco mais inovador” concluiu José Apolinário, salientando que “as alterações climáticas exigem uma mudança de paradigma, colocando as pessoas e o planeta em primeiro lugar, à nossa escala contribuir para Salvar o Planeta, cumprindo os compromissos dos Acordos de Paris e dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 “.

Nas suas apresentações, Filipe Duarte Santos, Luis Filipe Dias, António Miguel Pina e Pedro Coelho focaram-se nos resultados dos trabalhos desenvolvidos no aprofundamento e monitorização dos estudos e opções incluídos no PIAAC-AMAL e no Plano Regional de Eficiência Hídrica do Algarve (PREHA-Alg), tendo o presidente da AMAL sublinhado a determinação dos Autarcas no desenvolvimento das soluções mais adequadas para resolver os problemas da falta de água, em parceria com o Governo e a sociedade civil, e a importância do envolvimento das gerações mais jovens nesta temática, considerando que grande parte dos impactos acontecerão no médio-longo prazo.

Veja ou reveja AQUI a Conferência- Debate “A região do Algarve e as Alterações Climáticas”.

O Dia da Europa 2022 no Algarve é uma iniciativa conjunta da CCDR Algarve, Europe Direct Algarve, Programa Operacional CRESC ALGARVE 2020, em parceria com AMAL, Universidade do Algarve, Municípios de Faro e Monchique, Associação Vicentina, Associação Filarmónica de Faro e Grupo Coral Ossónoba.

Categorias:Algarve, Ambiente