Loulé

Cineteatro Louletano garante apoio à programação para o quadriénio 2022-2025

O Cineteatro Louletano acaba de ver garantido um apoio de 200 mil euros anuais para os próximos quatro anos, por parte da Rede de Teatros e Cineteatros Portugueses/ Direção Geral das Artes, destinado à programação da estrutura cultural.

A verba resulta da aprovação de uma candidatura ao concurso de apoio à programação aberto em 2021 pela Direção Geral das Artes (DGartes).

O concurso foi aberto pela primeira vez em 2021 no âmbito da recém-criada Rede de Teatros e Cineteatros Portugueses, que integra atualmente 80 estruturas a nível nacional, entre elas o Cineteatro Louletano (CTL).

A candidatura do CTL – intitulada “Uma programação para inquietar, transformar e espantar” – foi uma das melhor valorizadas a nível nacional (quarta classificada, a seguir ao Município de Ílhavo, d’A Oficina, de Guimarães e do município de V.N.Famalicão).

Ao todo, ao longo do quadriénio 2022-2025, o Cineteatro Louletano receberá um envelope financeiro de 800 mil euros para enriquecer a programação, repartidos por teatro, dança, cinema, música e projetos multidisciplinares, que cruzam várias áreas. O apoio permitirá alargar o trabalho do Cineteatro Louletano como espaço de criação e promoção de cultura, possibilitando o aumento do número de coproduções entre entidades, expandindo estratégias de mediação (criação de novos públicos e trabalho com públicos específicos) e aprofundando o envolvimento com agentes culturais e artísticos locais.

Como refere o autarca louletano Vítor Aleixo, “é com muito orgulho e sentido de responsabilidade que recebemos esta validação da Direção Geral das Artes ao trabalho de apoio à criação artística e de programação cultural que temos vindo a desenvolver na última década. Consideramos que estão reunidas as condições para fortalecer o tecido cultural local, permitindo a consolidação e crescimento de uma comunidade artística residente, assim como para solidificar o papel do CTL no panorama artístico nacional, com o consequente acesso à Cultura dos públicos e em especial do público escolar, reforçando a mediação cultural, assim como contribuindo para uma sociedade mais tolerante e feliz”.

O apoio plurianual da DGartes pressupõe o compromisso de financiamento idêntico por parte do Cineteatro Louletano e contribuirá assim, de forma consistente, para a valorização e fortalecimento do trabalho de fundo da estrutura, que foi das primeiras a integrar a Rede de Teatros e Cineteatros Portugueses e cujo trabalho tem vindo a granjear reconhecimento a sul do país e a nível nacional.

Para além de projetos de artes performativas, de cruzamento disciplinar e de artes visuais, o Cineteatro Louletano tem vindo a promover programas de residências artísticas e ações estratégicas de mediação e formação, numa aposta estratégica que implica, para além da exibição de espetáculos, a criação de pensamento e a ligação com os públicos.

A candidatura do CTL foi uma de 39 apoiadas (de um total de 57 submetidas) que irão receber apoio financeiro num valor global de 5,1 milhões de euros. No Algarve, foram também apoiados os projetos do Teatro das Figuras e da ACTA – Companhia de Teatro do Algarve, com montantes semelhantes.

Com uma programação de referência (que pode consultar no site e no Facebook do Cineteatro), o CTL está credenciado pela Rede de Teatros e Cineteatros Portugueses, e integra também a Rede de Teatros com Programação Acessível, proporcionando espetáculos com interpretação de Língua Gestual Portuguesa para S/surdos e outros com Audiodescrição, para pessoas cegas ou com deficiência visual.

O CTL é uma estrutura cultural no domínio das artes performativas da Câmara Municipal de Loulé, e é também um dos promotores da Rede Azul – Rede de Teatros do Algarve e da Rede 5 Sentidos.

Categorias:Loulé