Algarve

ALGARVE | Ligação entre empresas e sistema científico e tecnológico motiva visita do secretário de Estado da Economia

O Secretário de Estado da Economia, João Correia Neves, visita a região do Algarve, nos dias 28 e 29 de julho, no contexto da iniciativa “Encontros para a Competitividade e Inovação”, visitando empresas responsáveis por projetos apoiados pelo COMPETE, MAR2020 e Programa Operacional do Algarve – CRESC ALGARVE 2020.

Promovida pelo Ministério da Economia e do Mar, em colaboração com o IAPMEI, I.P. – Agência para a Competitividade e Inovação, esta iniciativa visa fomentar sinergias entre agentes públicos e privados, dando especial enfâse aos desafios que se perspetivam para as empresas e para as regiões.

No Algarve, será dado particular destaque à ligação entre as empresas e as entidades do Sistema Científico e Tecnológico, enquanto ativo estratégico e decisivo para criação de valor e aceleração do desenvolvimento de novos produtos e serviços, estando agendadas visitas ao Tech Campus e ao GreenCoLab da Universidade do Algarve (Faro), à Citruplants (Albufeira), à Nautiber (Vila Real de Santo António), ao grupo Hubel (Olhão) e laboratório colaborativo S2Aqua (Olhão), todos com projetos cofinanciados pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), no âmbito do Programa Operacional do Algarve, bem como às empresas Expresstec (Faro), Freitasmar (Olhão) e Suberpinus (Silves).

O Programa Operacional do Algarve tem uma dotação de 318 milhões de euros em Fundos Europeus, dos quais 231 milhões do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) e 87 milhões do Fundo Social Europeu (FSE) e deverá ser integralmente executado até meados de 2023.

A responsabilidade da gestão é de uma Comissão Diretiva presidida pelo Presidente da CCDR Algarve, que integra o Presidente da Comunidade Intermunicipal do Algarve (AMAL), em representação dos Municípios, e um representante do Governo, suportados por uma estrutura técnica na CCDR Algarve.

Até 30 de junho, estavam executados cerca de 205,7 milhões de euros de Fundos Europeus (64,54%) dos 1.555 projetos aprovados, alavancando um total de cerca de 610 milhões de euros de investimento elegível.

Consulte AQUI estes e outros projetos aprovados no âmbito do Programa Operacional do Algarve, com o apoio dos fundos da União Europeia.

Categorias:Algarve, Empresas