Loulé

Nota de pesar pelo falecimento de Vítor Tenazinha

A Câmara Municipal de Loulé vem expressar o seu profundo pesar pelo falecimento de Vítor José Tenazinha Sousa, membro da comunidade louletana que marcou fortemente o panorama do desporto não só do concelho, mas também de todo o País.

Vítor José Tenazinha Sousa nasceu a 25 de outubro de 1941, em Boliqueime.

Desde cedo que mostrou propensão para o ciclismo.

Tinha apenas 17 anos quando se inscreveu como individual no circuito para “Populares” efetuado em Boliqueime e do qual saiu vencedor.

Dado o excelente desempenho nesta prova logo foi pretendido pelo Louletano, onde iniciou a sua carreira oficial, em 1957, na categoria de “Amador-Júnior”.

Ciclista combativo, Vítor Tenazinha obteve sempre ótimas classificações e venceu etapas em grandes prémios e na “Volta a Portugal”. Chegou a fazer parte da Seleção Portuguesa que disputou a “Volta a Espanha”, em 1962.

Em 1965, última temporada em que representou o Louletano, foi selecionado para a “Volta ao Futuro” (França) e obteve o 11.º lugar na “Volta a Portugal”.

Passou depois pelo Benfica ao lado de ciclistas como Peixoto Alves, Francisco Valada, Fernando Mendes, Américo Silva e afirmou-se no Sporting, desfilando vitoriosamente com João Roque, Leonel Miranda, Sérgio Páscoa, Firmino Bernardino e Joaquim Agostinho.

Terminada a sua carreira emigrou para os Estados Unidos, tendo regressado à sua terra natal para investir em Vilamoura e Quarteira.

Em 1994 foi agraciado pela Câmara Municipal de Loulé com a Medalha Municipal de Mérito – Grau Bronze.

Dos mais notáveis corredores do seu tempo, deixou uma grande marca na combatividade e também na sua classe como ciclista. Nos últimos 15 anos, sempre que a equipa de ciclismo profissional do Louletano Desportos Clube fez a sua apresentação, Vítor Tenazinha era um dos ciclistas convidados para ir ao pódio como exemplo para os corredores que iam competir na Volta a Portugal. É, de facto, uma imagem de marca do ciclismo de Loulé em todo o País.

A Autarquia lamenta profundamente a perda deste cidadão e atleta que marcou a vida e a história da comunidade e que, por isso, ficará para sempre na nossa memória coletiva.

Aos amigos e familiares, a Câmara endereça as suas mais sentidas condolências.

Categorias:Loulé