Opinião

Unha dos pés encravada: Saiba como preveni-la

Artigo de opinião de Fátima Carvalho, podologista responsável pelo Centro Clínico do Pé – Dr.ª Fátima Carvalho

Drª Fátima Carvalho

As unhas dos pés encravadas são casos comuns, especialmente no primeiro dedo do pé. Pode ser também denominada de “onicocriptose” e caracteriza-se pelo crescimento de uma parte da unha em direção à pele, inserindo-se nos tecidos. Esta patologia tende a ser bastante dolorosa, causando por vezes dificuldade em andar, afetando o dia a dia e a qualidade de vida da pessoa.

Existem várias causas associadas a esta patologia, além de sintomas visíveis, nomeadamente dor, vermelhidão e inchaço do local, sendo que, quanto mais encravada a unha estiver, mais intensos serão os sintomas.

Quanto ao tratamento, existem várias opções, sendo que estas devem ser avaliadas tendo em conta o caso clínico em questão. Pode ser efetuada uma manipulação da pele e da unha, mas em casos mais avançados pode ser necessário recorrer a uma cirurgia – matricetomia parcial.

As alterações anatómicas das unhas e o encurvamento das mesmas, não são possíveis de prevenir. Ainda assim, existem algumas dicas que pode adotar, visto que esta não é a única causa de unhas encravadas.

  • Tenha cuidado a cortar as unhas dos pés. Devem ficar retas e do tamanho do dedo;
  • Procure utilizar calçado adequado ao seu pé, uma vez que se for demasiado apertado contribui para o surgimento de unhas encravadas;
  • Adote cuidados de higiene e evite andar descalço(a). Esta prática previne o surgimento de infeções fúngicas.

A área da Podologia que se dedica a este tipo de patologias e ao tratamento de alterações, a nível da pele e das unhas dos pés, mesmo que provocados por transtornos sistémicos, é a Quiropodologia. Por isso, no caso de verificar que tem uma unha encravada ou começar a sentir alguns dos sintomas, deve consultar um podologista, de modo a efetuar um diagnóstico e tratamento adequado. 

Categorias:Opinião, Saúde